terça-feira, 22 de abril de 2014

Voce faz compras em Curitiba ?
O internauta RGS publicou esses dias “Já ouvi vários comerciantes aqui de São José dos Pinhais reclamando que as pessoas consomem em Curitiba. Parece aquela história do porque preferimos produtos importados aos nacionais. O serviço na cidade realmente tem qualidade inferior com preços superiores, na semana passada comprei uma pizza tamanho gigante na Big Pizza (Rua Brigadeiro Franco) e paguei 22,00 reais, a mesma em minha cidade não sairia por menos de 40,00 reais. Outro aspecto que me incomoda está relacionado a limpeza e conservação dos ambientes, os supermercados são entulhados e desorganizados, o Muffato sempre está sujo, com prateleiras bagunçadas, o pior é que os outros mercados da mesma rede são o contrário deste; até mesmo a Livraria Curitiba tem destes problemas - síndrome de região metropolitana - por mais de um mês havia uma placa no corrimão dizendo que estava estragado, é tão difícil mandar arrumar? O Cinemark do shopping São José tem salas com projeção e som excelente, entretanto, apresenta poucas opções de filmes, e sempre dublado, EU NÃO GOSTO DE FILME DUBLADO e tenho certeza que muitas outras pessoas também. Há muitos outros exemplos, mas o texto já se prolongou. Ao menos há uma luz, alguns empresários tem investido em espaços confortáveis e de qualidade, como exemplo, na região do Afonso Pena - SJP abriram uma academia (Fit Company) e um Restaurante (Los Carnivoros) ambos estão cheios; prova que o SÃO-JOSEENSE mudou de perfil, ainda que muitos empresários não tenham notado”. Gostei do comentário, porisso publiquei. Triste Judiciário
O Superior Tribunal de Justiça (STJ) é formado por 33 ministros. Foi criado pela Constituição de 1988. Poucos conhecem ou acompanham sua atuação, pois as atenções nacionais estão concentradas no Supremo Tribunal Federal. No site oficial está escrito que é o tribunal da cidadania. Será? Um simples passeio pelo site permite obter algumas informações preocupantes. O tribunal tem 160 veículos, dos quais 112 são automóveis e os restantes 48 são vans, furgões e ônibus. É difícil entender as razões de tantos veículos para um simples tribunal. Mais estranho é o número de funcionários. São 2.741 efetivos. O número total é maior ainda. Os terceirizados representam 1.018. Desta forma, um simples tribunal tem 3.759 funcionários, com a média aproximada de mais de uma centena de trabalhadores por ministro! Em um só contrato, sem licitação, foram destinados quase R$2 milhões para serviço de secretariado. Não é por falta de recursos que os processos demoram tantos anos para serem julgados. Dinheiro sobra. Em 2010, a dotação orçamentária foi de R$ 940 milhões. O dinheiro foi mal gasto. Só para comunicação e divulgação institucional foram reservados R$ 11 milhões, para assistência médica a dotação foi de R$ 47 milhões e mais 45 milhões de auxílio-alimentação. Os funcionários devem viver com muita sede, pois foram destinados para compra de água mineral R$ 170 mil. E para reformar uma cozinha foram gastos R$ 114 mil. Em um acesso digno de Oswaldo Cruz, o STJ consumiu R$ 225 mil em vacinas. À conservação dos jardins — devem estar muito bem conservados — o tribunal reservou para um simples sistema de irrigação a módica quantia de R$ 286 mil. Se o passeio pelos gastos do tribunal é aterrador, muito pior é o cenário quando analisamos a folha de pagamento. O STJ fala em transparência, porém não discrimina o nome dos ministros e funcionários e seus salários. Só é possível saber que um ministro ou um funcionário (sem o respectivo nome) recebeu em certo mês um determinado salário bruto. E só. Mesmo assim, vale muito a pena pesquisar as folhas de pagamento, mesmo que nem todas, deste ano, estejam disponibilizadas. A média salarial é muito alta. Entre centenas de funcionários efetivos é muito difícil encontrar algum que ganhe menos de 5 mil reais. E por aí vai. (MARCO ANTONIO VILLA da UF São Carlos - SP). Mandaram publicar
A coisa não anda boa pelo lado de alguns edis da nossa gloriosa Câmara Municipal. Dizem que a coisa está fervendo com mais de oito mil paginas rondando pelo judiciário local. Seguinte: A velha conversa de se apoderar do dinheiro de assessores e até emprestimos em nome destes, coisa que sinceramente, não acredito. Aí, pediram para publicar quem são os suplentes porque ainda daria tempo de tirarem uma casquinha na cadeira de vereador nesta legislatura. Hummm me falaram quem está e quem não está na lista. Como diria o Pastel “só rindo mesmo”. Os suplentes, pela ordem de votação são: SAMUEL DA VIDA PLENA PSD - PRTB / PPL / PSD – 2011 votos PROF. WALDER PSD - PRTB / PPL / PSD - 1971 votos PROFESSOR IMAR PSB - PP / PTB / PSB / PT do B - 1749 votos CARLOS DE CASTRO PSD - PRTB / PPL / PSD - 1742 GASTÃO VOSGERAU PSDB - DEM / PSDB - 1650 votos TONINHO DA FARMACIA ANDERSON PSD - PRTB / PPL / PSD - 1624 votos ADRIANO MISTER DEM - DEM / PSDB – 1530 votos SERGIO BUENO PRB - PRB / PMN - 1452 votos ABILIO DEM - DEM / PSDB – 1357 votos LUIZ DO ÓLEO PV - PTC / PV - 1323 votos DR EDUARDO DEM - DEM / PSDB - 1157 votos PEDRO PERSEGONA PSD - PRTB / PPL / PSD - 1152 votos VALTER RIBEIRO PMDB - 1110 votos DR JOÃOZINHO PT - PT / PSC - 1039 votos SERGINHO DA COLONIA PT - PT / PSC - 1029 votos ANTONIO ALVES PV - PTC / PV - 1024 votos ARNALDO WOITCH PMDB - 1021 votos TARCISIO KLETTEMBERG PSB - PP / PTB / PSB / PT do B - 1018 votos EDSON DANGUI PT - PT / PSC - 1010 votos GERALDO PRB - PRB / PMN - 999 votos GILBERTO RIBEIRO PSB - PP / PTB / PSB / PT do B - 997 votos Lula pode ser condenado
Está na internet, mas poucos sabem. Nem o “Pig – Partido da Imprensa Golpista” nada publica, por que será? É, parece que o homem não é mais intocável e não basta mais o “eu não sabia”. Se alguem tem duvidas pode até usar o CPF para consulta de processos no site do TRF: 070.680.938-68. Pior, que o assunto vem da imprensa portuguesa e não do Brasil. Proteção? A troco de que e a que custo? Segundo a nota, o Ministerio Publico Federal pediu o bloqueio dos bens do ex-presidente no valor de R$ 9.526.070,64 por improbidade administrativa. Então confira o processo na Justiça Federal: htpp://http://processual.trf1.jus.br/consultaProcessual/processo.php?secao=DF&proc=78070820114013400" href="http://processual.trf1.jus.br/consultaProcessual/processo.php?secao=DF&proc=78070820114013400" target="_blank">processual.trf1.jus.br/consultaProcessual/processo.php?secao=DF&proc=78070820114013400http://processual.trf1.jus.br/consultaProcessual/processo.php?secao=DF&proc=78070820114013400> Depois de abrir o link, clique em "PARTES". Se quiser poderá acompanhar o desfecho. Processo: 0007807-08.2011.4.01.3400. Classe: 65 – AÇÃO CIVIL PÚBLICA. Vara: 13ª VARA FEDERAL. Juiz: PAULO CESAR LOPES. Data de Autuação: 31/01/2011. Assunto da Petição: 1030801 – DANO AO ERÁRIO. Fonte: A notícia foi publicada em 23/10/12 no jornal Correio da Manhã em Portugal. http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/internacional/mundo/ministerio-publico-pede-bloqueio-de-bens-de-lula" href="http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/internacional/mundo/ministerio-publico-pede-bloqueio-de-bens-de-lula" target="_blank">http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/internacional/mundo/ministerio-publico-pede-bloqueio-de-bens-de-lula Taxistas
Materia deste Blog deu o que falar sobre crise que se avizinha dos taxistas de São José dos Pinhais. Primeiro que não é unanime a necessidade de se abrir vagas para mais taxis. Segundo alguns, há sobra de veiculos e falta de passageiros. Terceiro, que o preço aqui tá mais caro do que o de Curitiba. Por ultimo e mais importante, a pirataria. No Posto Sabiá, imediações do Aeroporto, filas de taxis “laranjas” (de Curitiba) se formam. Eles usam um aplicativo da internet para aliciar clientes, segundo denuncia um anonimo. Um leitor chegou a fotografar um taxi de Guaramirim-SC (foto abaixo) que veio buscar “clientes“ no Aeroporto e ficou “fulo da vida”. E que este fato é corriqueiro. Portanto, existe na mente de todos uma certeza: Falta de fiscalização da Prefeitura, com referencia aos cadastros e a pirataria, que corre solto. Foto: Divulgação
Nesta semana, a Secretaria Municipal de Saúde inicia a campanha de vacinação contra a Influenza, conforme calendário vacinal do Ministério da Saúde. O período de vacinação começou nesta terça-feira (22) e vai até o dia 09 de maio de 2014, porém o chamado “Dia D” acontecerá no próximo sábado (26) em toda a rede municipal de saúde. A dose é injetável e trivalente, pois contempla a imunização de três subtipos da Influenza. A meta é imunizar cerca de 80% da população dos grupos indicados para receberem a vacina, sendo que as doses enviadas pelo Ministério da Saúde são de acordo com o quantitativo dessa população. Em São José dos Pinhais, o número é de aproximadamente 69 mil pessoas. Fazem parte dos grupos a serem imunizados crianças de 06 meses a 04 anos, 11 meses e 29 dias, trabalhadores da área da saúde, gestantes, puérperas até 45 dias, pessoas com mais de 60 anos, pacientes crônicos, população carcerária e funcionários do sistema prisional. Pessoas com doenças crônicas deverão comparecer às unidades de saúde com receita médica especificando a doença existente, como por exemplo, doenças respiratórias, cardíacas, renais, hepáticas, neurológicas, diabetes, entre outras. Os trabalhadores de saúde devem apresentar identificação do seu conselho ou carteira de trabalho. (PMSJP)
Seguindo com as obras de ampliação e pavimentação das estradas rurais de São José dos Pinhais, que neste ano já iniciou trabalhos de pavimentação da Estrada da Roseira, na Borda do Campo, e ampliação da Estrada da Cachoeira, a Prefeitura Municipal dará início às obras de pavimentação em paralelepípedo, drenagem, paisagismo e sinalização de trânsito na Estrada do Mergulhão (Caminho do Vinho). Na região, esta obra foi acolhida como prioritária pela comunidade através do Programa de Consultas Públicas, realizado e coordenado pela Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, durante o ano de 2013. Dividida entre vários trechos, a extensão total da nova pavimentação em paralelepípedo da Estrada do Mergulhão chegará a 1.751,15 metros com 7 metros de largura. Um dos maiores trechos únicos, que será pavimentado é o da Rua Augusto Micrute, após da Ponte Rio Pequeno, com extensão de 666,52 metros. Com o fechamento do Processo Licitatório e dos procedimentos administrativos relativos à emissão do contrato e da ordem de serviço previstos para o restante do mês de Abril, a expectativa é que a obra comece ainda na primeira quinzena de maio deste ano. O prazo para a execução, estabelecido no Edital, é de 210 (duzentos e dez) dias, contados a partir da assinatura da Ordem de Serviço. (PMSJP)
Foto Divulgação/FPRB A equipe Sub-17 de Basquetebol Feminino de São José dos Pinhais conquistou o título da Taça Paraná 2014, disputada entre os dias 19 e 21 de abril, no município de Goioerê, no Centro-Oeste do Paraná. Para chegar ao título, a equipe são-joseense venceu os cinco confrontos da competição, passando pelas equipes de Ale/By Unna/Londrina (58 x 38), Goioerê (63 x 52), Colégio Neo Master (71 x 34), Smel/Coc/Foz do Iguaçu (54 x 51) e Londrina/Col.Portinari/Fel (41 x 20). Para o secretário municipal de Esporte e Lazer, Thiago Bührer, a conquista deste título prova mais uma vez que o esporte é valorizado no município. “Os programas desenvolvidos pela Prefeitura de São José dos Pinhais, através da Secretaria de Esporte e Lazer, vem apresentando excelentes resultados. Por isso, continuamos investindo em todas as modalidades esportivas e, principalmente, no basquetebol, já que temos o nosso Centro de Excelência e hoje podemos também comemorar mais um título de uma equipe campeã”, diz o secretário. Classificação final 1º- PM São José dos Pinhais 2º- SMEL/ COC/ Foz do Iguaçu 3º- ALE/ BY UNNA/ Londrina 4º- PM Goioerê 5º- Londrina/ Col. Portinari/ FEL 6º- Colégio Neo Master
Começou nesta semana o período de inscrições das equipes para a Copa São José de Basquetebol 2014 – Adulto Feminino e Masculino – na Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEMEL). As inscrições limitadas para a categoria feminina seguem até o dia 16 de maio e para a categoria masculina, também limitadas, até o dia 8 de agosto de 2014. O evento é uma promoção da Prefeitura de São José dos Pinhais e as competições vão acontecer no Centro de Esporte e Lazer Ney Braga, no Centro de São José dos Pinhais, e Ginásio Poliesportivo Max Rosenmann, no bairro Afonso Pena. A SEMEL informa aos representantes das equipes que as inscrições devem ser feitas no Departamento de Esportes do Ginásio Ney Braga. Serviço: Evento: Copa São José de Basquetebol 2014 Categorias: Adulto Feminino e Masculino Inscrições: Feminino até o dia 16/05/2014 – Masculino até 08/08/2014 Local: Departamento de Esportes do Ginásio Ney Braga Endereço: Rua Izabel A Redentora, 2.355 – Centro – São José dos Pinhais Horário: Das 08h30 às 17h Informações: (41) 3381-5927 e 3381-5938
É natural do comportamento da sociedade em que vivemos pensar que uma pessoa mais velha deve ser recatada, usar roupas que cobrem o corpo todo, portar-se com classe e nunca, em hipótese alguma, pensar que ainda é jovem e sair por aí tentando ser sensual ou frequentando lugares onde o público é voltado para quem está na casa dos 20. Em partes, talvez algumas dessas coisas não combinem mesmo, mas por outro lado às vezes é só preconceito. Foi pensando em quebrar esse estereótipo do “ser mais velho” que o fotógrafo holandês Erwim Olaf criou um ensaio fotográfico mega ousado e inovador, ele simplesmente substituiu as modelos novinhas que possuem aquela beleza perfeita por senhoras (e quando dizemos senhoras é senhoras mesmo, na casa dos 50 para cima). Nas fotos elas estão usando lingerie, fazem poses sensuais, mostram as rugas, as varizes, as dobrinhas e tudo o que tem direito. O resultado foi conceitualmente brilhante, mas acima de tudo, belíssimo. Veja algumas fotos:

segunda-feira, 21 de abril de 2014

O vice-prefeito de São José dos Pinhais, Toninho da Farmácia, que tambem responde pela Secretaria Municipal de Governo está cada vez mais com sua pré-candidatura solidificada em São José dos Pinhais e região. Na semana passada, foi recebido por lideranças e funcionários municipais de Tijucas do Sul, ao lado de Ednilso Rossi, tambem convidado para a ocasião. Este, pleiteia uma pré-candidatura da deputado federal pelo PSD. Rossi adiantou a Toninho, para que seja incisivo na sua determinação para conquistar a vaga junto ao PSC de Ratinho Junior, "porque muita gente vai espalhar que voce não é candidato, justamente para desestabilizar sua campanha". Aliás, Toninho tem que quase todos os dias desmentir para alguma liderança de que realmente é candidato, quando adversários que não se sabe de onde veem, plantam informações contra sua pré-candidatura. "Nos proximos dias teremos um grande encontro do partido em São José dos Pinhais com a presença do Ratinho Junior e solidificaremos nossas pretensões", disse Toninho ontem. O pré-candidato disse que vai enfrentar esse tipo de perseguição até o mes de junho, quando acontecerão as convenções do PSC por todo o estado.
Uma das maiores cretinices inventadas pelo desgoverno lulopetista foi a nova tomada elétrica de 3 pinos, que é incompatível com TODAS as tomadas da galáxia. Nem nas tomadas o Império Klingon ou do Império Romulano ela se encaixa! De uma hora para outra, todas as nossas tranqueiras elétricas e gadgets, que usam plugues com o modelo universal, simplesmente ficaram imprestáveis! Como somos brasileiros e não desistimos nunca, é chegada a hora de invocarmos a "Santa Gambiarra", a santa protetora de todos os brasileiros! A tomada
"Trabalhei na Eletrobras por volta de 20 anos como Gerente de Divisão, de Departamento e, posteriormente, como Consultor e lá continuo tendo vários amigos. Quando vi essa cretinice pela primeira vez perguntei por e-mail a um amigo dessa área que "porra de tomada era essa" e ele me disse por telefone que só falaria a respeito, pessoalmente". O leitor, que não deseja se identificar, justificou: "Alguns (poucos) industriais da ABINEE (Associação Brasileira da Indústria Eletroeletrônica e ELETROS-Linha Branca de Eletrodomésticos) teria conversado com o "Bebum Honoris Causa", antes de ele deixar o governo e acenaram com a possibilidade de normalizar essa excrecência de tomada, única no nosso universo. Feito o contato, veio a ordem de cima para baixo, para que esse objeto agora identificado fosse aprovado pelos órgãos competentes (ABNT, INMETRO, ELETROBRAS/CEPEL, ABINEE, ELETROS etc) cujos representantes dos Comitês foram escolhidos a dedo, com a missão de respaldarem tecnicamente essa aberração. E agora?
Não se sabe a troco de que, a que custo e quais as vantagens se todas as outras do universo são diferentes. E como se darão os visitantes do nosso país, acostumados com tomadas universais?
Veemência e ignorância
A ignorância geográfica dos americanos é proverbial. Um pequeno estudo dos cientistas políticos Kyle Dropp, Joshua Kertzer e Thomas Zeitzoff não só confirma isso como ainda mostra que há uma correlação positiva entre o tamanho do desconhecimento e a estridência, isto é, a disposição para lançar-se numa aventura militar. Dropp e seus colaboradores perguntaram a uma amostra representativa de 2.066 norte-americanos o que eles achavam que seu país deveria fazer em relação à crise na Ucrânia. Depois, pediram a cada um dos entrevistados que marcasse num mapa onde fica a Ucrânia. Como esperado, apenas 16% foram capazes de localizá-la corretamente. A maioria, pelo menos, apontou para algum lugar entre os continentes europeu e asiático, mas houve quem indicasse o Brasil (oito pessoas) e mesmo o meio do oceano Pacífico (um indivíduo). O mais interessante, contudo, foi constatar que, quanto mais longe do lugar certo o entrevistado punha a Ucrânia, mais ele defendia que os EUA interviessem militarmente. O vínculo entre veemência e miopia política não é novo nem está limitado a cidadãos anônimos sorteados para responder pesquisas. Num estudo já clássico publicado em 2005, o psicólogo Philip Tetlock coletou, ao longo de 20 anos, 28 mil prognósticos feitos por 284 experts em economia e política e os comparou com os desfechos do mundo real. Na média, os cientistas se saíram milimetricamente melhor do que o acaso. O ponto central, porém, é que, também aqui, aqueles que eram mais tonitruantes erraram mais, enquanto os mais comedidos, que em vez de certezas expressavam dúvidas e probabilidades, se saíram melhor. A mensagem a extrair desses trabalhos, penso, é: desconfie da virulência. Em geral, quem está muito convicto de algo, é porque não se deu ao trabalho de estudar o caso e perceber suas nuances.
O governo holandês decidiu seguir o exemplo da Dinamarca e da Alemanha e quer impor uma diária de 16 euros a presidiários. O projeto de lei resulta dos acordos feitos pela atual coalizão governista, formada por liberais de direita e social-democratas, e tem dois objetivos principais: obrigar o criminosos a assumir o custo e de suas ações e economizar 65 milhões de euros em despesas de judiciais e policiais. O procurador-geral e o conselho da Magistratura, entre outros órgãos consultivos, analisam a proposta, que será enviada ao Parlamento neste ano. O pagamento idealizado pelo Departamento de Justiça será aplicado a pessoas detidas em instituições psiquiátricas vinculadas ao departamento de detenções e aos pais de crianças colocadas em centros de reinserção social. - Entende-se que o prisioneiro é parte da sociedade. Se ele comete um crime, é obrigado a contribuir para a despesa que causa. Suas ações não devem ser pagas, a partir do ponto de vista econômico, apenas pelo resto dos cidadãos - disse o porta-voz da Justiça holandesa Johan van Opstel. Atualmente, a Holanda tem espaço para 12 mil detentos, que passam, em média, três meses na prisão. Cada cela, com capacidade para até duas pessoas - em alguns edifícios mais antigos pode chegar a seis - equivale a um gasto de 200 euros por dia. O plano oficial é para cobrar cerca de 11.680 euros por preso. "A dívida não poderá ser cancelada. Quem tem dinheiro, começa a pagá-la imediatamente. Se não tem, poderá pagá-la por tempo indeterminado. Por exemplo, quando tiver um salário. Mas só será cobrado o equivalente à sentença de dois anos. Mesmo quando as penas são mais longas", esclarece Van Opstel. Para não prejudicar a reinserção social, os pagamentos poderão ser feitos em parcelas. Embora atualmente sobrem celas na Holanda, o aumento da população carcerária nos anos 1990 forçou o governo a construir novas prisões. Dentre 29 unidades existentes, algumas estão fechadas devido ao decréscimo nas taxas de criminalidade, "como no resto da União Europeia", segundo a Justiça. O ministro da Justiça do país, o liberal Ivo Opstelten, também já apresentou outra lei semelhante, em que atribui ao condenado uma parte dos custos das investigações policiais, processos judiciais e assistência às vítimas. link: http://oglobo.globo.com/mundo/holanda-quer-cobrar-diaria-de-16-de-presidiarios-11352077
O socialismo do século 21 é muito parecido com aquele do século 20. Seu resultado é invariavelmente o mesmo: miséria, caos social, escravidão. As prateleiras vazias costumam ser a sua marca registrada. Filas enormes surgem a todo momento para as coisas mais básicas. A burocracia poderosa se beneficia, um grande mercado negro aparece, e o povo fica de barriga vazia. Segundo o site Business Insider, os venezuelanos já estão sendo marcados com números nos braços, feito gado, para ter acesso aos poucos produtos nos mercados. É o governo tentando organizar a desgraça que criou, colocar as imensas filas em ordem. São imagens como esta:
Essas filas estariam se formando em cidades menores, não em Caracas (ainda). O racionamento já teve início, com cada um tendo uma quantidade limitada de produtos que pode adquirir. A imagem abaixo, uma fila para o supermercado San Cristobal, a 660 km de Caracas, dá uma boa ideia da situação: É esse o “progresso” que o PT defende e pretende importar para o Brasil. Para o ex-presidente Lula, isso tudo é fruto do “excesso de democracia” do país vizinho. A presidente Dilma prefere apoiar Maduro em vez de defender o povo nas ruas desesperado em busca de mais liberdade e, como vemos, alguma comida. O socialismo jamais foi capaz de produzir riqueza. Nada mudou. Inclusive a incrível incapacidade de aprender com os erros passados… Por Rodrigo Constantino
Os taxistas de São José dos Pinhais estão altamente preocupados com a falta de clientes. “Anunciaram que o movimento aumentaria, no entanto, vem crise aí e nós estamos sem trabalho, vamos enfrentar problemas, a Copa vai ser um engodo” denuncia um taxista que vive o problema mas não deseja se identificar. Segundo ele, os taxistas vivem dias difíceis. Filas se formam nos pontos e à espera da chegada de vôos no Aeroporto ou nos pontos do centro da cidade e bairros. “Há dia em que os motoristas tem apenas minguadas corridas locais. Todo mundo reduzindo custos”. Segundo os taxistas, aumenta a população, mas aumentam as vans e os carros na cidade também. Prova disso é que se anuncia que novas vagas serão abertas para taxis em São José dos Pinhais, “o que será uma calamidade”. O serviço de taxi é muito caro, cerca de R$ 4,90 a bandeirada. Uma corrida para a Cidade Industrial vai custar cerca de noventa a cem reais.
Em São José dos Pinhais existem quatro bandeiradas: Um: No horário das 6h às 20h Dois: Das 20 hs em diante Tres: das 6h às 20h para Curitiba ou Região Metropolitana Quatro: Após as 20h para Curitiba e Região Metropolitana Curitiba
Apesar de que o preço em Curitiba é igual ao de São José dos Pinhais, lá há apenas duas bandeiras, 1 e 2. Uma para dias normais e a dois, para corridas fora de hora ou em feriados. Mas, segundo os taxistas, São José dos Pinhais acaba ficando mais caro porque aqui o preço é no taxímetro e começa a marcar quando o carro é acionado. Em Curitiba o passageiro vai saber o preço no final da corrida, através de uma tabela que calcula o trecho. Em 2008 havia aproximadamente 197 carros entre cidade e aeroporto sendo que 75 deles trabalhavam no Aeroporto e revezavam de 30 em 30 da cidade em uma semana por mês. Por que reduziu? São vários os fatores que influenciaram a redução da atual demanda de serviço. Há em nosso país uma economia onde a sociedade capitalista mascara a inflação que está presente, passando por despercebida, o aumento da alimentação, do combustível, dos impostos, taxas, passagens, tarifas, etc... E o serviço de taxi é o maior termômetro desta economia é o primeiro que sente esse impacto. O aumento da frota de taxi através de uma licitação onde não houve um estudo aprofundado sobre a verdadeira realidade desta prestação de serviço em relação à demanda, permissionários e direitos. Onde existiam três grupos que exploravam este serviço, e que entraram em conflito defendendo interesses próprios de cada grupo não chegando a um consenso de igualdade, empurrando a responsabilidade da decisão do aumento da frota nas mãos do poder publico que não tinha nenhum conhecimento do processo, e acabou cometendo injustiças ocasionando vários processos contra a prefeitura e conflitos entre os próprios taxistas. Principalmente aqueles que já tinham uma história de sobrevivência no ramo e perderam seus direitos sendo vítimas de uma burocracia que torna anti-social e dificulta tudo em nosso país. A Copa do Mundo foi um sonho até aqui. Não houve nada de aumento em relação à Copa, mesmo com tantas obras ocorrendo. Os passageiros dos serviços a Copa são executivas que não utilizam serviços de taxi e sim o transporte alternativo de vans, ou da própria empreiteira. Com o aumento das passagens aéreas em razão da Copa está havendo uma queda na procura deste serviço, então diminuiu o numero de corridas no aeroporto. E os gringos têm costumes e culturas diferentes geralmente viajam para outros países já com pacote completo. Para pegar um taxi ir até Curitiba seria para eles uma aventura, correriam riscos de assaltos e outras dificuldades que é a comunicação. “Todo mundo sabe que nós brasileiros não exercitamos outras línguas. Com isso aumentaria o transporte de vans do aeroporto e dos hotéis, diminuindo ainda mais o nosso serviço”, diz. Por ultimo, arriscam os taxistas dizer que o uso da tecnologia sem um planejamento também está sendo responsável por essa queda. Por exemplo, com a criação dos aplicativos que estão sendo utilizados para cadastrar e chamar um taxi com maior brevidade sendo usado na capital por aqueles que trabalham sem estar cadastrado em uma radio taxi, está favorecendo os passageiros e tirando o serviço daqueles que estão trabalhando com rádios taxi através do telefone que hoje já está sendo um serviço ultrapassado. Com a velocidade da internet na comunicação acaba resultando a presença de taxis de outros municípios e de Curitiba buscando passageiros em São José dos Pinhais. Para quem passa em frente do posto Sabiá na Rocha Pombo por exempo, depara com uma enorme fila de taxi (laranjas) de Curitiba que estão ali se favorecendo do uso de aplicativos para levar nossos passageiros praticando um serviço ilícito porque é proibido, sem contar com a pirataria que continua trabalhando à céu aberto em frente as nossas autoridades. “Para isso, a fiscalização é falha”. Todos esses fatores são reflexos do baixo rendimento do serviço de taxi em nosso município. Hoje existem muitas taxas para pagar como impostos, prestação do carro, manutenção, rateios, seguros, aluguel do pátio do aeroporto, prestação da permissão da prefeitura para o uso do taxi (dez mil reais), etc. “Temos muitos companheiros enforcados em dividas devido aos altos financiamentos dos veículos seguindo as normas do poder publico, com data estipulada”. O bicho tá pegando A proposito, materia do Jornal Gazeta do Povo do ultimo dia 19 (sabado), quando é escancarado o problema serio que vivem os taxistas de São José dos Pinhais. Por conta propria, eles estão registrando em suas lentes o descaso. Leia: http://www.gazetadopovo.com.br/m/conteudo.phtml?tl=1&id=1463012&tit=Aeroporto-vira-palco-de-disputa-entre-taxis Aeroporto vira palco de disputa entre táxis Atuação de motoristas executivos gera revolta no aeroporto Afonso Pena. Taxistas alegam concorrência desleal e presença de oportunistas no setor Aniele Nascimento/ Gazeta do Povo Ringue: “fretados” e “clandestinos” na mira dos taxistas A movimentada rotina do Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, esconde uma tensão crônica entre os taxistas e os “motoristas executivos”, como são chamados os condutores contratados para fazer transfers de passageiros em eventos. O número de carros especiais ultrapassa a atual frota de veículos autorizados a operar no terminal: são 360 táxis contra mais de 400 executivos oriundos de empresas de fretamento. A acusação é de que haveria oportunistas nesse grupo, ferindo a ética da concorrência e colocando em risco os usuários. Pressão A presença dos motoristas particulares levou os taxistas a criarem um dossiê com fotos e placas de todos os carros que, no entendimento deles, atuam sem licença concedida pela prefeitura. Para a classe, essa parcela de motoristas é ilegal, daí chamar a atenção das autoridades para que haja fiscalização e em alguns casos a proibição dos fretamentos. A maioria das corridas feitas pelos motoristas executivos é pré-agendada, havendo acordo entre passageiro e empresa antes do embarque. Os carros estacionam em locais de embarque-desembarque, deixam o veículo com o pisca alerta ligado e se dirigem para o saguão à espera dos clientes. A ação dos motoristas não tem segredos. É comum vê-los portando placas com nome de hotéis e dos passageiros, prática corriqueira em qualquer aeroporto do mundo. Mas há também abordagem de passageiros, fora do protocolo, o que caracteriza “clandestinidade”. De acordo com taxistas, isso acontece quando a corrida não foi combinada entre as partes. Indignados “Para transportar passageiros, nós da Rádio Táxi temos que entregar uma documentação que inclui provar que não temos antecedentes criminais. Nosso investimento para ter a licença é grande. Temos mais de R$ 1 mil de despesas por mês”, protesta um taxista que prefere não se identificar. Para ele, a situação revolta porque os “motoristas executivos” estão isentos desse investimento e podem oferecer um preço mais atraente ao passageiro. O Sindicato dos Taxistas de São José dos Pinhais acredita que o problema está na falta de fiscalização. “Em 2012, houve uma grande mobilização por parte da prefeitura para coibir a ação dos clandestinos, mas o número de veículos sem autorização se multiplicou. A prefeitura parou de fiscalizar in loco. O sindicato está ‘amarrado’ porque não tem poder de polícia”, desabafa o presidente do sindicato, Arnaldo Alves Ribeiro. O debate é acalorado porque discute não só o prejuízo dos taxistas, mas a segurança dos passageiros. O promotor Divonzir José Borges, da 1.ª Promotoria de São José dos Pinhais, teme que, na Copa do Mundo, os turistas “entrem em frias”, pois nos casos de transporte clandestino não há como monitorar o trajeto. ‘Laranjinhas’ também atuam em SJP Os motoristas executivos não são a única pedra no sapato dos taxistas de São José dos Pinhais. Diariamente, os taxistas locais têm de conviver com a concorrência desleal e ilegal de taxistas de Curitiba que adotaram o Afonso Pena como ponto de captação de corridas. Os “laranjinhas”, como são conhecidos, ficam alertas em um posto de gasolina próximo ao aeroporto monitorando pedidos feitos por um aplicativo de celular. “Muitas vezes, os ‘laranjinhas’ agem de má fé. Eles trazem um passageiro de Curitiba e cobram a taxa de retorno, mas não voltam para a capital. Eles ficam parados no posto até que apareça um chamado do aeroporto para Curitiba, e cobram mais uma taxa de retorno, alegando que têm de voltar ao posto em São José dos Pinhais”, relata outro taxista da Rádio Táxi de São José. O promotor Divonzir José Borges tem conhecimento da prática e afirma que situações como esta ocorrem por “omissão do poder público”, pois se a mesma situação é flagrada em Curitiba, a Urbs entra em ação, o que não acontece em São José. PIRATAS? Juiz questiona argumento de “ilegalidade” e aumenta a polêmica Apesar da revolta dos taxistas, o trabalho de parte dos motoristas executivos não é ilegal. De acordo com o juiz Juan Daniel Pereira Sobreiro, da Comarca de São José dos Pinhais, “o simples translado para deixar ou buscar passageiro não exige autorização municipal”. Esse argumento foi usado por Sobreiro para acatar a liminar de empresas que administram os carros executivos. “O serviço prestado pelas empresas responsáveis pelos ‘táxis executivos’ é caracterizado como transporte intermunicipal, cuja autorização tem que partir do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), não da prefeitura. Nos casos apresentados, o transporte é feito do aeroporto para outros municípios”, justifica o juiz. Para o promotor Divonzir José Borges, o equívoco da fiscalização municipal está no argumento utilizado pelas autoridades para coibir o transporte clandestino. “O impedimento foi feito com base na lei municipal, e o certo seria com base nas regras da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT)”, explica. Em 2012, a Associação Paranaense de Vans e Similares (Atvapar) protestou no aeroporto reivindicando o direito de atuar no local. Os motoristas alegavam que os veículos estavam de acordo com as especificações da lei, por isso não podiam ser considerados “piratas”. Ainda em 2012, foi criada uma lei municipal para tentar coibir o transporte paralelo de passageiros no município. Sancionada em maio daquele ano, nunca foi regulamentada. VIGILÂNCIA No início de abril, a prefeitura de São José dos Pinhais, Polícia Militar e Guarda Municipal se comprometeram com o sindicato dos taxistas a realizar blitz no Afonso Pena. Em caso de flagrante, a Guarda está autorizada a “efetuar notificação que tramitará conforme os rigores da lei previstas nas normativas do Conselho Nacional de Trânsito, o Contran.”

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Por Enio Rodrigues da Rosa. É da própria natureza do capitalismo, a expulsão de populações inteiras das áreas imobiliárias mais centrais, para zonas de exclusões nas periferias dos grandes centros urbanos. Um desses centros urbanos com características por demais complexas e emblemáticas, é a cidade do Rio de Janeiro. O processo de Pacificação das Favelas, com as instalações das Unidades de Policia Pacificadora (UPPS), está produzindo um fenômeno relatado por alguns historiadores, semelhante com aquele que aconteceu com a chegada de Dom João VI no Brasil, em 1809. Naquele contexto histórico, para poder abrigar a corte e seus séticos, o Rei mandou expulsar grandes quantidades de famílias que viviam nas regiões mais centrais da cidade do Rio de Janeiro. Este fenômeno histórico e social aliado a outro fenômeno também histórico e social, notadamente, a libertação dos escravos e o consequente abandono dessas populações sem eira e nem beira, segundo consta, teriam sido os dois principais fatores que marcaram o surgimento das favelas na cidade maravilhosa. Esses dois fenômenos não são outra coisa se não a entrada no país, de um modo mais firme, sistemático e acelerado, do capitalismo com a sua lógica perversa e excludente. O capitalismo é um sistema profundamente marcado pela contradição. Como é um sistema que pela sua própria natureza não consegue garantir condições econômicas iguais para todas as pessoas, resulta desta contradição intríncica que está no DNA do próprio sistema, dois processos antagônicos: a) melhores condições de vida para certas parcelas da população; e b) como nem todos possuem as mesmas condições econômicas, empurra para regiões ainda mais afastadas e, por conseguinte, também mais miseráveis, grandes contingentes populacionais.
Este é um fenômeno que se repetiu e continuará se repetindo, não apenas no Brasil, mas em todas as partes do mundo, onde o capitalismo já penetrou com a sua lógica profundamente excludente. Nesta quarta-feira (16/04/2014), o Jornal da Rede Bandeirante, do início da noite, exibiu uma reportagem mostrando o que vem acontecendo nas favelas pacificadas do Rio de Janeiro. Com a alta valorização dos imóveis e o aumento correspondente dos alugueis, em alguns casos com altas acima de 300%, por falta de dinheiro, milhares de pessoas estão sendo obrigadas a deixar essas áreas e buscarem em regiões ainda mais distantes e sem segurança, um barraco qualquer para viver e morrer. Sem duvida que a pacificação das favelas está sendo um bom negócio para os negociantes que possuem dinheiro e que por certo irão aproveitar as oportunidades geradas pelo capitalismo imobiliário, sempre em busca de locais mais apropriados para a realização dos seus investimentos. Mas, quanto ao refugo humano, essa ralé que só serve para estorvar e desafiar a boa sociedade, essa vai continuar nas mãos do crime organizado, só que agora em outro endereço. Portanto, o que na sua raiz sempre foi um problema social, vai continuar sendo tratado como um caso de policia. Enquanto a pobreza continuar sendo tratada desta forma, os governos e as elites deste país vão continuar perdendo esta guerra. Na reportagem já citada, uma pessoa apareceu afirmando: o que eu ganho hoje só dá para pagar o aluguel e a comida. Contudo, as pessoas não vivem só com barraco e comida. Elas também possuem outras necessidades. NR: Quanto ao sistema capitalista o articulista tem razão, mas o modelo pacificador é uma necessidade. Ou se deve deixar os traficantes incrementar esse negocio espúrio (tráfico) aumentando a bandidagem?
O esporte de São José dos Pinhais foi um dos homenageados durante a grande festa promovida pela Federação Paranaense de Basketball (FPRB), em sua 9ª edição do Prêmio Destaque, que reconhece atletas, apoiadores e destaques do basquete paranaense. O evento lotou o Teatro do Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba, e contou com a presença da eterna Rainha do Basquete, Hortência de Fátima Marcari, entre outras personalidades ilustres do basquete brasileiro. Segundo o secretário municipal de Esporte e Lazer, Thiago Bührer, São José dos Pinhais dos Pinhais recebeu a homenagem pelo reconhecimento dos investimentos que vem aplicando em prol do esporte para a população e pelo retorno, no ano passado, do Centro de Excelência do Basquete. “Além das diversas modalidades esportivas no nosso município, procuramos também fazer um grande investimento no basquete até como uma forma de inclusão social, onde jovens adolescentes que não tinham perspectivas de um futuro melhor, hoje estão inclusos nesta modalidade e levando o nome de São José dos Pinhais em diversas competições e campeonatos estaduais e nacionais”, disse Thiago Bührer. O presidente da FPRB, Amarildo Rosa, que também atua como secretário de Cultura em São José dos Pinhais, programou uma solenidade repleta de atrações culturais e explicou que o Troféu Prêmio Destaque, entregue aos homenageados, foi criado com o intuito de valorizar as pessoas que trabalham em prol do desenvolvimento do basquete no Paraná. “Neste ano misturamos esporte e cultura para alimentar a alma e encher os olhos do público presente”, disse o presidente. Ao todo, o presidente da FPRB premiou 148 pessoas, entre atletas, técnicos, dirigentes, árbitros, personalidades do esporte e da imprensa que apoiaram as iniciativas do basquete no estado em 2013. Amarildo Rosa compôs a mesa diretiva junto com a eterna rainha do basquete, Hortência Marcari – presidente de honra da FPRB; o senador Álvaro Dias; o presidente da FIBA – Américas, Horacio Muratore; o presidente da Confederação Brasileira de Basketball (CBB), Carlos Nunes; e o Vice-Presidente da Unimed Curitiba, Dr. Rached Hajar Traya. Também estiveram presentes os presidentes de federações estaduais: Oscar Archer (Santa Catarina), Carlos Lima (Alagoas), Karine Ribeiro (Mato Grosso), Ely Toscano (Goiás), e Rogério Caberlon (Rio Grande do Sul). (PMSJP)
Como ocorreu com o transporte metropolitano não integrado onde as tarifas foram reajustadas no dia 13/04, o passageiro do transporte urbano de São José dos Pinhais começou a pagar uma nova tarifa de ônibus a partir do ultimo domingo. Mas a diferença é que o passageiro urbano tem a possibilidade de pagar mais barato se utilizar o cartão VEM. As passagens dentro do município de São José dos Pinhais foram reajustadas passando a R$ 2,70 se o usuário pagar com cartão e R$3,10 para pagamento em dinheiro. A tarifa no cartão teve um reajuste de apenas 3,8% que é muito menor que a inflação do período que foi de 6,15% (mar/14) e também menor do que reajuste da tarifa metropolitana e a tarifa técnica da RIT que subiram em média mais de 9%. Prevendo que os passageiros busquem esta economia de R$ 0,40 por passagem, a Central do Vale Eletrônico Municipal (Central VEM), abriu o atendimento nos terminais, inclusive neste último domingo, para facilitar a confecção de novos cartões e compra do crédito por usuários de São José dos Pinhais. A procura dos passageiros para carregar o cartão e de novos usuários para fazer o cartão foi de 30% acima do esperado pela Central VEM, o que deve se repetir durante esta semana. E para fazer frente ao expressivo aumento de movimento a Central VEM estará com NOVOS horários de atendimento no Terminal Central e Terminal Afonso Pena. Em ambos os Terminais o início do atendimento será 06:45 e o fechamento será às 20:00. A primeira via do cartão VEM é grátis (em comodato), e para o usuário adquirir o seu basta ir a estes pontos de venda com RG, número de telefone e endereço (e-mail e CPF opcionais). A recarga se for feita nestes locais pode ser de qualquer valor. E ainda tem a opção de recarga pela internet, acessando o site: www.vemsaojose.com.br Serviço: A Central está localizada nos seguintes endereços: Terminal Central. Terminal Afonso Pena e rua Marcelino Nogueira, 278 – São José dos Pinhais.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

A direção do IBGE confirmou que concorda em reavaliar a decisão de suspender a divulgação da Pnad Contínua. A pesquisa mede, entre outros pontos da renda do brasileiro, a taxa de desemprego no País. Sua divulgação foi suspensa por pressão da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) depois da revelação que o desemprego no país está na casa dos 7,1% e não 5,4%, conforme estimado pelo governo federal. Em boletim divulgado aos funcionários, o IBGE reconhece que acertou com os coordenadores rebelados - que ameaçavam uma entrega coletiva de cargos - a criação de um grupo para elaborar uma alternativa à mudança no cronograma de divulgações da pesquisa. O grupo vai trabalhar em uma proposta "que contemple um cronograma de produção do indicador de renda domiciliar per capita até janeiro de 2015, bem como as etapas necessárias e cronograma para avaliação do quanto é possível equalizar as margens de erro desse indicador entre os estados". O boletim interno confirma que o conselho diretor se comprometeu em analisar essa proposta e levá-la em consideração para reavaliar as decisões envolvendo a Pnad Contínua e suas divulgações. (Pauta Paraná)
Com quatro atrações nacionais e impulsionado pelo sucesso de 2013, a festa beneficente da APAE deverá ter mais de 50 mil visitantes
A Festa do Pinhão, realizada pela APAE/SJP e pela Prefeitura de São José dos Pinhais, voltou para ficar. Em 2013, mais de 40 mil pessoas prestigiaram as três noites de festa. Em 2014, a expectativa é de um público ainda maior. Para este ano, a Festa do Pinhão terá quatro atrações nacionais: Munhoz e Mariano (30/05), Thiaguinho (31/05), Jean e Julio (31/05) e Luan Santana (01/06), além das bandas locais e grande praça de alimentação que servirá diversos lanches e também o fruto que da o nome da festa, o pinhão. Os ingressos antecipados estão à venda no Disk Ingressos, confira os preços no site www.diskingressos.com.br . A Festa do Pinhão será no mesmo local que em 2013, no Caminho do Vinho. O endereço é Rua Julio Cesar Setenareski, cerca de 1km após o portal da Colônia Mergulhão.
Programação completa: Sexta-feira (30/05): - 17h – Abertura dos portões 19h – Tony e Brian 20h30 – Aly e Ruan 22h – Munhoz e Mariano 01h – Encerramento Sábado (31/05): 14h – Abertura dos portões 17h – Os Gangster Z 19h – Lenda Zero 20h30 – Jeann e Julio 22h30 – Thiaguinho 02h – Encerramento Domingo (01/06) 12h – Abertura dos portões 16h – Marjorie e Melani 17h30 – Marcos e Dalton 20h – Luan Santana 23h – Encerramento Ingressos da Festa do Pinhão começam a ser vendidos no Shopping São José Começou na manhã desta quarta-feira (16) a venda de ingressos para a Festa do Pinhão de São José dos Pinhais no quiosque do Disk Ingresso instalado no Shopping São José. No local além da venda dos ingressos, os interessados podem também obter mais informações sobre o evento, programação e material com mapa de como chegar à festa e mapa da estrutura do Parque do Pinhão. A Festa do Pinhão será nos dias 30 e 31 de maio e 01 de junho com ampla programação de show que conta com as presenças das atrações nacionais Munhoz e Mariano, Thiaguinho, Luan Santana e Jeann e Julio, além de artistas locais e muita gastronomia. Mais informações acessem o portal da Prefeitura de São José dos Pinhais www.sjp.pr.gov.br, facebook: facebook.com/Prefeitura.SJP e facebook.com/afestadopinhao
(FOTO: Silvio Ramos / PMSJP) A Polícia Militar do Paraná realizou, na manhã desta terça-feira (15), na sede do 17º Batalhão de Polícia Militar, na Costeira, uma cerimônia para a passagem de comando da unidade. O tenente-coronel Edson Hartmann de Oliveira entregou o comando ao Major Hudson Leôncio Teixeira. Hartmann deu as boas-vindas ao novo comandante e agradeceu pelo companheirismo no tempo em que esteve a frente das atividades do 17º Batalhão. “Eu agradeço principalmente a Deus pela força e inspiração do meu trabalho. Agradeço também aos colegas, que trabalharam com dedicação, apoio e lealdade, pois o sucesso e as metas que conquistamos só foram possíveis através de um trabalho em grupo. Ao Major Hudson eu desejo sucesso, pois conheço o seu trabalho e entrego o comando sabendo que ele fará um bom trabalho”, disse. “Agradeço a confiança que foi em mim depositada, e digo que missão dada é missão cumprida. Vou dar continuidade ao trabalho de sucesso que o 17º Batalhão de Polícia Militar do Paraná tem realizado, valorizando o agente que está na rua e aumentando a qualidade dos serviços prestados à população”, declarou o novo comandante, Major Hudson Teixeira. Logo após a passagem de comando, aconteceu a inauguração do núcleo de ensino do 17º BPM, que será usado para a realização de cursos de aperfeiçoamento e treinamentos para os policiais militares, melhorando as condições para instrução dos policiais. O complexo é composto por três salas para aula, com capacidade para até 30 pessoas com vestiários, alojamentos, sala de coordenação para cursos e um auditório com capacidade para 200 pessoas. O vice-prefeito, Toninho da Farmácia e o secretário de Segurança, Adriano Muhlstedt, além do comandante-geral da PM, coronel César Vinícius Kogut, do Subcomandante da PM, coronel Péricles de Matos, do comandante do 6º CRPM, coronel Rui Rota da Purificação, do superintendente do Aeroporto Internacional Afonso Pena, Antônio Pallu e os demais comandantes oficiais, praças, autoridades civis, políticas e religiosas, convidados e imprensa, estiveram presentes na cerimônia. (PMSJP)
A Prefeitura de São José dos Pinhais, através da Secretaria Municipal de Saúde, disponibiliza cinco unidades de Farmácias Básicas em regiões estratégicas do município. A Farmácia Básica Central, por exemplo, é responsável pela distribuição dos medicamentos da Relação Municipal de Medicamentos (Remume) para os pacientes que residem no centro, bairros próximos e alguns bairros da área rural, porém, pela localização central, são atendidos também moradores de todas as regiões de São José dos Pinhais, o que gera uma demanda grande, com média de 450 atendimentos diários. Juntamente a essa unidade funciona a Farmácia Básica Especial. Segundo Marinalva Inácio da Silva, farmacêutica da unidade, há uma reposição semanal dos medicamentos, por isso, ao atender os pacientes ou os responsáveis por eles, é feita uma marcação nas prescrições médicas, ou nas cópias, conforme Portaria 344-98/MS, quando o paciente deve retornar, sendo que existe a possibilidade de retorno em no máximo cinco dias antes do prazo estabelecido, com o intuito que os pacientes não fiquem sem medicamentos nos fins de semana e feriados. As Farmácias Básicas atendem tanto pacientes com avaliação proveniente do Sistema Único de Saúde (SUS) como da rede particular. Os interessados podem procurar as Farmácias Básicas Central/Especial, Afonso Pena, Guatupê, Martinópolis e São Marcos, sempre de segunda à sexta- feira das 8h às 17h. Confira o endereço de cada unidade de Farmácia Básica de São José dos Pinhais: Farmácia Básica Afonso Pena: Rua Antonio Biachetti, s/nº – 3383-3926 Farmácia Básica Central: Rua Veríssimo Marques, 500 – 3381-6951/3381-6952 Farmácia Especial: Rua Veríssimo Marques, 500 – 3381-6953 Farmácia Básica Guatupê: Rua Herminda da Rocha Barbosa, 600 – 3385-6171 Farmácia Básica Martinópolis: Rua Vanderlei Moreno, 1280 – 3398-8779/3398-8771 Farmácia Básica São Marcos: Rua Augusto DeBarba, 975 – 3384-1994
A Prefeitura de São José dos Pinhais publicou um novo decreto que mantém o ponto facultativo para os dias 17, 18 e 21 de abril – Quinta e Sexta-feira Santa e Dia de Tiradantes. O ponto facultativo do dia 17 de abril não se aplica para a Secretaria de Educação, que funcionará normalmente, já que as unidades de ensino seguem o calendário escolar definido pelo Conselho Municipal de Educação em 2013, no qual consta que o dia 17 de abril deste ano é dia letivo normal. Os serviços essenciais da Prefeitura não param em feriados. Confira: Saúde – As Unidades Básicas de Saúde, assim como as clínicas e atendimentos especializados param apenas nos dias estipulados pelo Decreto. Já as Unidades de Pronto Atendimento do Afonso Pena e da Colônia Rio Grande, assim como o Hospital São José funcionarão normalmente. Segurança – O atendimento de emergência da Guarda Municipal e da Defesa Civil será 24 horas e ininterrupto através do telefone 153, portanto só o atendimento administrativo parará nos dias descritos. Coleta de Lixo – A coleta de lixo seguirá o calendário normal de recolhimento nos bairros. (PMSJP)
Por Carlos Galani dos Santos Em 1978, eu, Carlos Galani dos Santos, trabalhei em uma plataforma marítima de prospecção de petróleo na bacia de Santos. A concessão da área era da British Petroleum, a plataforma era da Pennzóil e a firma em que eu trabalhava, como Auxiliar de Geólogo, era a Oil (Ocean Inchcape do Brasil). A plataforma tinha o nome de SEDCO 706. A base era em São Sebastião, de onde saia o helicóptero que nos levava para a plataforma. O tempo de voo era de uma hora e distava aproximadamente 200 KM, já na beira da plataforma continental do Brasil. Com tempo bom se avistava da plataforma à claridade da cidade do Rio de Janeiro em noites claras. Estas informações são para que situem a localização aproximada. Pois bem, meu trabalho consistia em recolher amostras coletadas das brocas de perfuração, tratá-las e analisá-las quanto à presença de carbono, o que indicaria a possibilidade de haver ou não petróleo naquele furo. E, sim, havia carbono em quase todos os furos que eram feitos. Mas, a profundidade em que eram encontrados estes indícios da possibilidade de haver petróleo tinham uma lâmina d´agua na média de 176 metros e os furos eram todos com mais de 3.000 metros!!* Foram centenas de furos e todos devidamente marcados quanto à localização e lacrados com cimento, pois não havia na época tecnologia para que se retirasse o petróleo em segurança, como não temos até hoje. Imaginem minha indignação quando este desgoverno começou à usar estas informações como se fossem "novidades" descobertas por "elles" em... 2005 !!! De lá para cá, iludiram o país inteiro, com a conivência dos políticos, que certamente também tinham estas informações que lhes passo aqui, com a possibilidade, ainda impossível, do país ficar "rico" com este petróleo inviável economicamente, ao menos no atual momento. Era isto que tinha para dizer, meu testemunho de que nosso governo mente, e mente em tudo o mais, inclusive quando se diz "democrático", pois sabemos que o viés é totalitário.* Mentem somente... lastimavelmente... O Pré-sal foi descoberto em 1974, no governo Geisel. Foi mapeado no governo Itamar Franco. Sua extração foi declarada inviável no governo Fernando Henrique, e no mundo inteiro não há tecnologia para extrair petróleo do Pré-sal.
Lula, com o governo em queda, resolveu enganar o povo, dizendo que descobriu o Pré-sal e que os problemas do Brasil estariam resolvidos. O que surpreende é que os políticos e governadores "aliados" brigam por sua "divisão". Divisão de quê ?* O governo distribuiu dinheiro da Petrobrás à rodo para Petistas e aliados, CUT, Sem-terra, Une, etc, na compra de votos. O povo não sabe nem quer saber. A ignorância é geral. O importante é o PT, LULA e Dilma. O dinheiro acabou. E a Petrobras, pré-falida, agora importa gasolina, óleo, álcool de milho, etc.* imaginem que o lucro ( ? ) do Pré-sal será destinado para a saúde e para a educação! Mais uma mentira deste governo corrupto...* http://www.correiodeuberlandia.com.br/ivansantos/2013/05/05/a-fantasia-continua-alta/
Tudo vai explodir em 2015, o ano da verdade feia de ver. O mal que essa gente faz ao país talvez demore muitos anos para se reverter Nunca vi o Brasil tão esculhambado como hoje. Perdoem a palavra grosseira, mas não há outra para nos descrever. Já vi muito caos no país, desde o suicídio de Getúlio até o porre do Jânio Quadros largando o poder, vi a morte de Tancredo na hora de tomar posse, vi o país entregue ao Sarney, amante dos militares. Vi o fracasso do plano Cruzado, vi o escândalo do governo Collor, como uma maquete suja de nossos erros tradicionais, já vi a inflação a 80% num só mês, vi coisas que sempre nos deram a sensação fatalista de que a vaca iria docemente para o brejo, de que o Brasil sempre seria um país do futuro. Eu já senti aquele vento mórbido do atraso, o miasma que nos acompanha desde a Colônia, mas nunca vi o país assim. Parece uma calamidade pública sem bombeiros, parece um terremoto ignorado. Por que será? É óbvio que não é apenas o maluco governo do PT, mas também as marolas que ele espalha, os nós frouxos de uma política inédita no país que nem atam nem desatam. Tudo vai muito além da tradicional incompetência que sempre tivemos. Dá até saudades. A incompetência de agora é ramificada, “risômica”, em teia, destrutiva, uma constelação de erros óbvios que eu nunca tinha visto. No dia a dia, só vemos fracassos, obras que não terminam, maquiagem de números, roubalheiras infinitas e danosas, vemos o adiamento de tudo por causa das eleições. Tudo vai explodir em 2015, o ano da verdade feia de ver. O mal que essa gente faz ao país talvez demore muitos anos para se reverter. Mas, aqui, não quero falar de corrupção, burocracia, clientelismo e outras mazelas. Como é o rationale que usam para justificar o desmembramento do país que estão a executar? Quais são as principais neuroses da velha cabeça da esquerda, suas doenças infantis, etc.? Interessa ver o mapa do inconsciente petista. Interessa ver a incompetência dessa gente que conheço desde a adolescência, quando participava das infindáveis reuniões políticas para “mudar” o país —muito cigarro e a sensação de viver uma “missão profunda”. As discussões sem fim: “questão de ordem, companheiro!”, “o companheiro está numa posição revisionista” ou “a companheira está sendo sectária em não querer dar para mim”. Os fins eram magníficos, os diagnósticos tinham pontos corretos, mas no fim das madrugadas, alguém perguntava: “O que fazer?” (como queria Lenin...). Aí, todo mundo embatucava. Ninguém sabia nada. E tentavam agir, mas só apareciam erros desastrosos e a incapacidade de organização concreta; mas tudo era desculpado pela arrogância de quem se achava na “linha justa”. O povão era usado para a “boa” consciência, o povão era o salvo-conduto para a alma pacificada, sem culpas — o povão era nossa salvação. Pensávamos: Um dia eles serão “homens totais”, “sujeitos da História”, enquanto os mendigos vomitavam no meio-fio — os que a gente chamava com desprezo de “lumpens”. O ponto de partida da incompetência é se sentir competente. A incompetência atual é competente como nunca. O homem “bom” do partido não precisa estudar nem Marx nem nada, apenas derramar sua “missão” para o povo. Administrar é coisa de burguês, de capitalista. E dá trabalho, é chato pacas examinar estatística, analisar contratos da PTbrás, tarefas menores, indignas de líderes da utopia. Para eles, o Estado é o pai de tudo. Logo, o dinheiro público é deles, a empresa pública é deles, roubar é “desapropriar” a grana da burguesia. Os petistas se sentem “bons”. Eles são o “Bem”, e o resto é ou massa de manobra, a massa atrasada, ou “elementos neoliberais da direita”. Ser o Bem te absolve; é irresistível entrar para um partido assim. Outra doença infantil (ou senil) é a permanência de (não riam...) Hegel nas mentes da esquerda. O filósofo que formou Marx continua nos corações petistas. Por esse pensamento, qualquer erro é justificável por ser uma “contradição negativa”, ou seja, qualquer cagada (perdão) é o passo inicial para um acerto que virá, um dia. Como escreveu o filósofo Carlos Roberto Cirne Lima em “Depois de Hegel”, de 2006, Hegel tem a tendência muito forte de dizer que tudo que “é”, a rigor, tinha que ser. Hegel diz que, para entender a História, é preciso afastar a contingência. Hegel vai provocar o grande erro de Marx de que a História é inexorável e que, portanto, a revolução comunista é um momento da História que necessariamente vai acontecer. Esse é o primeiro grande erro de Hegel. E Cirne Lima reclama: “Nenhum lógico lê nosso trabalho porque ele trata de Hegel, e nenhum hegeliano o lê porque é lógica”. Assim, organiza-se a burrice, a estupidez (falo do “id” petista), a negação de qualquer facticidade, a adoção só de ideias gerais, dedutivas, o desejo de fazer o mundo caber num ideário superado (aufheben). Daí a desconfiança no mercado, nos empreendedores, contra todos que trabalham indutivamente, com o mistério das coisas singulares no centro da sociedade civil, que eles veem como uma anomalia atrapalhando o Estado. Os esquerdistas se sentem parte de uma dinastia desde Stalin — as palavras e os conceitos ainda são usados. E, como no tempo do Grande Irmão, há o desejo de apagamento do sujeito, ou seja, nem a morte tem importância para sujeitos que viram objetos. Vide Coreia. Até o assassinato pode ser absolvido como uma necessidade histórica. Um dia, um companheiro (que morreu há pouco) me disse: “Não tema a morte. Marx disse que somos seres sociais. O indivíduo é uma ilusão. Para o comunista a morte não existe”. E eu sonhei com a vida eterna. Essas são algumas das doenças mentais que estão levando o Brasil para um pântano institucional. Temos que nos salvar desse determinismo suicida. Se houver a vitória de Dilma ou a volta de Lula, estaremos, como diria Hegel, fo&#dos — numa “contradição negativa” que vai durar décadas para ser “superada”. (Por Arnaldo Jabor - charge)

terça-feira, 15 de abril de 2014

Mulher é acusada pelo parceiro de ter fugido com mais de R$ 10 mil. Polícia Civil instaura inquérito para apurar a denúncia
Um homem de 66 anos foi encontrado pelado na estrada que liga o perímetro urbano de Sengés à área rural de Reianópolis. Ele alegou que manteve relações sexuais com uma mulher de 22 anos, atrás de uma moita, e depois do sexo tirou um cochilo. Ela se irritou e o abandonou. Foi feito um boletim de ocorrência na delegacia da cidade. Aos policiais militares que atenderam a ocorrência, o idoso disse ter sido procurado por volta das 14 horas, pela mulher, para se encontrar no início da noite. O que era para ser um dia especial na vida do cidadão, se transformou num verdadeiro pesadelo. ‘Foi uma tarde de muita paixão. O problema é que ela ficou brava e quando eu fui abrir a porteira ela acelerou o carro e foi embora, me deixando sozinho, sem roupas’, conta. No boletim da PM consta que a mulher furtou as roupas e aproximadamente R$ 10,7 mil em dinheiro do idoso. Este dinheiro, segundo informou, estava numa capanga vermelha. A polícia de Sengés instaurou inquérito para apurar o crime.
(Foto: Divulgação AEN-PR) Com o fim do verão e a queda das temperaturas é tradicional o consumo do pinhão e agora ele está liberado. A partir de hoje, o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) permite a colheita e a comercialização do fruto no Estado. Antes de hoje, qualquer pessoa que fosse flagrada em uma dessas situações, até o dia 15, estariam sujeitas a responder a processo administrativo e a processo criminal, além de receber auto de infração ambiental com multa de R$ 300,00 para cada 60 quilos da semente O abate dos pinheiros nativos adultos com pinhas nos meses de abril, maio e junho continua proibido. (Portal Banda B)
Hoje por volta das 11:30hs, alguns criminosos invadiram uma residência e deram voz de assalto. No interior da residência haviam moradores que foram agredidos pelos criminosos que a todo momento pediam por dinheiro e objetos de valores. Equipes da PM e GM foram acionados e chegaram rapidamente à residência, lograram êxito na prisão de dois dos aproximadamente 4 ou 5 criminosos. Os outros se evadiram por uma mata próxima ao local e mais um estava na condução de um Táxi de Curitiba, o qual conseguiu fugir pouco antes da chegada da PM. Diversas viaturas estiveram no local, inclusive uma aeronave da PM que fez varreduras afim de identificar os indivíduos que entraram na mata para fugir. Até o momento não se sabe se o indivíduo que fugiu de carro levou algo da residência.
O Papa Francisco deu início neste domingo (13 de abril) aos ritos da Semana Santa, com a procissão de ramos, Quem sou eu diante do meu Senhor?
O Papa deixou de lado a sua homilia escrita e improvisou uma profunda reflexão recordando os personagens descritos na leitura do Evangelho da Paixão de Jesus. O Papa pediu um exame de consciência a todos os fiéis, e com qual personagem nos identificamos. A Semana Santa tem início com a procissão alegre com os ramos de oliveira – disse o Papa -: todo o povo acolhe Jesus. As crianças, os jovens cantam, louvam a Jesus. Mas esta semana vai avante no mistério da morte de Jesus e da sua ressurreição. Ouvimos as palavras da Paixão do Senhor. Então o Papa faz uma pergunta: Quem sou eu diante do meu Senhor? Quem sou eu, diante de Jesus que entra em festa em Jerusalém? Eu sou capaz de expressar a minha alegria, de louvá-lo? Ou me distancio? Quem sou eu, diante de Jesus que sofre? Ouvimos muitos nomes: muitos nomes: O grupo de líderes, alguns sacerdotes, alguns fariseus, alguns mestres da lei que tinham decidido matá-lo. Eles estavam esperando a oportunidade para prendê-lo. E o Papa continua as suas perguntas: Eu sou como um deles? Também ouvimos outro nome: Judas. 30 moedas. Eu sou como Judas? Ouvimos ainda outros nomes: os discípulos que não entendiam nada, que se adormentavam enquanto o Senhor sofria. A minha vida está adormentada? Ou sou como osdiscípulos, que não entendiam o que significava trair Jesus? Como aquele discípulo que queria resolver tudo com a espada: eu sou como eles? Eu sou como Judas, que finge amar e beija o Mestre para entregá-lo, para traí-lo? Eu sou um traidor? Eu sou como os líderes que, com pressa, fazem o tribunal e procuram falsos testemunhos: Eu sou como eles? E quando eu faço essas coisas, se eu as faço, acredito que com isso salvo o povo?Francisco continua com as suas perguntas em meio a uma Praça silenciosa e reflexiva. Eu sou como Pilatos que, quando vejo que a situação está difícil, eu lavo as minhas mãos e não sei assumir a minha responsabilidade e deixo condenar - ou condeno eu - as pessoas? Eu sou como aquela multidão que não sabia bem se se encontravam em uma reunião religiosa, ou num processo ou em um circo, e escolhe Barrabás? Para eles é a mesma coisa: era mais divertido humilhar Jesus. Eu sou como os soldados que batem no Senhor, cospem n’Ele, O insultam, se divertem com a humilhação do Senhor? Eu sou como o Cirineu, que voltava do trabalho, cansado, mas ele teve a boa vontade de ajudar o Senhor a carregar a cruz ? Eu sou como aqueles que passavam diante da Cruz de Jesus e zombavam d’Ele: “Mas ... tão corajoso! Desça da cruz, e nós vamos acreditar n’Ele”; O insulto a Jesus ... Eu sou como aquelas mulheres corajosas, e como a Mãe de Jesus, que estavam ali, sofrendo em silêncio? Eu sou como José, o discípulo escondido, que leva o corpo de Jesus com amor, para sepultá-lo? Eu sou como essas duas Marias que permanecem na porta do sepulcro, chorando, rezando? Eu sou como esses líderes que no dia seguinte foram a Pilatos para dizer: “Mas, olha ele dizia que iria ressuscitar; que não seja mais um engano”, e bloqueiam a vida, bloqueando o sepulcro para defender a doutrina para que a vida não venha para fora? Onde está meu coração? E o Papa conclui: “A qual dessas pessoas eu me assemelho? Que esta pergunta nos acompanhe durante toda a semana.”
"Não é necessário ser profeta para revelar antecipadamente o que será o ano eleitoral de 2014. Ou existe alguém com tamanha ingenuidade para acreditar que o “fascismo galopante” que aparelhou o estado brasileiro vá, pacificamente, entregar a um outro presidente que não seja do esquema lulista os cargos, as benesses, os fundos de pensão, o nepotismo, enfim, a mais deslavada corrupção jamais vista no Brasil? Lula já declarou, que (sic) “2014 vai pegar fogo!”. Entenda-se, por mais esta delicadeza gramatical, golpes abaixo da cintura: dossiês falsos, PCC “em rebelião”, MST convulsionando o país… que a lei de Godwin me perdoe - mas assistiremos em versão tupiniquim, a Kristallnacht, A Noite dos Cristais que marcou em 1938 o trágico início do nazismo na Alemanha. E os “judeus” serão todos os democratas, os meios de comunicação não cooptados (verificar mais uma tentativa de cercear a liberdade de expressão no país: em texto aprovado pelo diretório nacional do PT, é proposto o controle público dos meios de comunicação e mecanismos de sanção à imprensa). Tudo isso para a perpetuação no poder de um partido que traiu um discurso de ética e moralidade ao longo de mais de 25 anos e, gradativamente, impõe ao país um assustador viés autoritário. Não se surpreendam: Há todo um lobby nacional e internacional visando a manutenção de Lula no poder. Prêmios, como por exemplo, o Chatham House, em Londres, que contou com “patrocínios” de estatais como Petrobras, BNDES e Banco do Brasil, sem, até agora, uma explicação convincente por parte dos “patrocinadores”; matérias em revistas estrangeiras, enaltecendo o “mantenedor da estabilidade na América Latina”. Ou seja: a montagem virtual de um grande estadista… Na verdade, Lula é o Übermensch dos especuladores que lucram como “nunca na história deste país”. Sendo assim, quem, em perfeito juízo, pode supor que este ególatra passará, democraticamente, a faixa presidencial para, por exemplo, Eduardo Campos, ou mesmo Aécio Neves? Pelo que já vimos de “inaugurações” de obras que sequer foram iniciadas, de desrespeito às leis eleitorais, do boicote às CPIs como a da Petrobras, do MST e tantos outros “deslizes”, temos o suficiente para imaginar o que será a “disputa” eleitoral em 2014. E tem mais:o PT está comprando,com o nosso dinheiro, políticos, intelectuais, juízes, militares, o povo humilde com bolsa esmola e formando milícias com o MST, PCC, Sindicatos, ONGS, traficantes e outros, que recebem milhões e milhões de reais, para apoiar o PT e as falcatruas do Governo Dilma. Não podemos nem pensar em colocar novamente como Presidente do Brasil uma mulher TERRORISTA, que passou a vida assaltando bancos, matando pessoas inocentes, arrombando casas, roubando e matando. Só uma pessoa internada num manicômio seria capaz de votar numa BANDIDA para presidente de um País". Confiram. Carlos Vereza Ator e ex-petista
Na ultima segunda-feira (14) aconteceu o lançamento da 2ª edição do jornal Gazeta Mirim na sede da Guarda Mirim de São José dos Pinhais. A Guarda Mirim é um programa desenvolvido pela Secretaria Municipal de Assistência Social, e sua sede está localizada ao lado do Centro de Referência da Assistência Social – CRAS Francisco Quirino, no bairro São Domingos, iniciou a atividade da criação do seu jornal no ano passado, reunindo alunos, professores e equipe técnica. Segundo os professores que coordenaram a edição do informativo Gazeta Mirim, o intuito é integrar ainda mais os alunos, tanto nas atividades diárias, quanto no convívio com o próximo. “É a oportunidade de integração de toda a estrutura da Guarda Mirim em prol de um projeto onde todos podem ver os resultados positivos daquilo que fizeram, estimulando assim dentre outras coisas o trabalho em equipe e o comprometimento”, afirmou Eugenio Woche Jr. Além do professor Eugenio, a professora Laís Bastos da Silva também coordenou o jornal Gazeta Mirim. Este informativo é anual e possui nove editorias mais um blog, cada pelotão fio responsável por um caderno dentro do jornal. As equipes foram organizadas e divididas por tarefas dentro de cada editoria, tendo editores de área, repórteres e redatores, fotógrafos, ilustradores e diagramadores. Os alunos envolvidos no projeto têm entre 15 e 17 anos, que abordam diversos assuntos como opiniões, educação, piercings e tatuagens, cidadania, esporte, política e outros. O lançamento contou com a execução do Hino do Soldado e desfile simbólico, onde 70 alunos participaram. O jornal Gazeta Mirim tem sua versão online no link que segue: http://gazetamirim.wix.com/saojose (Foto Roberto Dziura Jr. PMSJP)
Son o slogan de VAMOS JUNTOS CONSTRUIR UM NOVO BRASIL, Eduardo Campos, Governador de Pernambuco (PSB) e sua colega de partido Marina Silva fizeram ontem, o lançamento de suas pré-candidaturas à presidencia do Brasil. Marina como vice de Eduardo. Na verdade, uma aliança Rede Sustentabilidade com o PSB, pois Marina está ali no partido, apenas para disputar as eleições e tão logo consiga o registro definitivo do Rede no TSE, voltará ao seu partido de origem. Mas, o foco do encontro foi para dizer ao Brasil que não é só Dona Dilma Roussef que vai disputar a presidencia., Logo logo, ela terá mais esse portentoso adversário que, ao lado de Marina, será sem duvidas uma "pedra no sapato". O PT cometeu tantos desmandos que Dilma, descendo nas pesquisas, pote ter problemas lá na frente com esses dois aí. "Viemos para passar tudo a limpo, não com retórica, mas sim com propostas tiradas do povo e mudar esse país que está o caos", disse o pré-candidato.