sexta-feira, 1 de agosto de 2014



Os dissidentes do PMDB fazem neste sábado, 2, às 11h, na Boca Maldita de Curitiba, um ato de desagravo aos jornalistas agredidos pelo senador Roberto Requião (PMDB). 
As agressões de Requião voltaram nesta quarta-feira, 30, quando o senador abandonar uma entrevista na rádio CBN em Cascavel e agredir verbalmente o radialista Valdomiro Cantini e também o jornalista Marcos Formiguieri, da Gazeta do Paraná e da CGN.  

Os dissidentes vão divulgar os áudios da entrevista de Requião e Formiguieri e distribuir um panfleto com o fac-símile da coluna de Celso Nascimento, da Gazeta do Povo, que trata do assunto.
O Ministério Publico do TRE deveria de imediato passar a cumprir a "Lei dos Cavaletes" em São José dos Pinhais.

Isto porque desde a semana passada vários candidatos, muitos deles de fora de São José dos Pinhais estão infestando nossas calçadas e vias publicas com os cavaletes, que aqui, são proibidos.

A Lei, de autoria do vereador Onildo dos Santos (foto), foi sancionada pelo prefeito e está em pleno vigor.

Hoje, sexta-feira, haviam cavaletes de vários candidatos curitibanos e inclusive de alguns daqui da cidade, como do Solidariedade e  do PSDB.

E não adianta os candidatos colocarem as placas em outros objetos que não seja via publica ou calçada porque a alteração do Código de Posturas propostos por Onildo dos Santos, registra "poluição visual", o que impede de colocar cavaletes em quaisquer vias publicas, a não ser que seja no interior de uma residencia ou em cima de uma caminhonete particular, por exemplo.

A Lei Eleitoral veda também a colocação de placas e propagandas politicas em pontos comerciais. 

Veja a íntegra da Lei:

LEI Nº 2218, DE 4 DE JULHO DE 2013


ACRESCE DISPOSITIVO NA RESOLUÇÃO Nº 03/1964, DE 24 DE SETEMBRO DE 1964, QUE DISPÕE SOBRE O CÓDIGO DE POSTURAS DO MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS.


A Câmara Municipal de São José dos Pinhais, Estado do Paraná, aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º Fica acrescido o § 5º, no art. 137, da Resolução nº 03, de 14 de setembro de 1964, passando a vigorar com a seguinte redação:

"Art. 137 ....

§ 5º É proibido a colocação de cavaletes com propaganda política em vias públicas, como canteiros centrais das avenidas, rótulas, passeios, calçadas, que dificultem o andamento do trânsito e causem a poluição visual da cidade."

Art. 2º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 3º Revogam-se as disposições em contrário.

Gabinete do Prefeito Municipal de São José dos Pinhais, 4 de julho de 2013.

Luiz Carlos Setim
Prefeito Municipal

Marcelo Ferraz Cesar
Secretário Municipal de Urbanismo

(Projeto de Lei Complementar nº 003/2013, do Vereador Onildo Francisco dos Santos e demais Vereadores Subscritos).

Matéria da Câmara Municipal a respeito da "Lei dos cavaletes":

http://www.cmsjp.com.br/cms/2013/07/10/sancionada-lei-que-proibe-cavaletes-de-propagandas-politicas-em-locais-de-circulacao-de-pedestres-e-veiculos/

Como denunciar?

http://www.tre-rj.gov.br/site/fale_conosco/clique_denuncia/formulario_clique_denuncia.jsp

TRE/PR

Tribunal Regional Eleitoral do Paraná: Fones TRE/PR – 3330-8663 / 3330-8500

TRE - São José dos Pinhais (Cartório Eleitoral)

As Zonas eleitorais de São José dos Pinhais ficam localizadas junto à Capela Berti, à Rua Ângelo Zen, 52 - Centro

São José dos Pinhais, PR CEP: 83005-620


199a Zona Eleitoral de São José dos Pinhais: Fones (41) 3283-4469 (41) 3283-5597

8a Zona Eleitoiral de São José dos Pinhais: Fone  (41) 3283-4523

200a Zona Eleitoral de São José dos Pinhais - Fone: (41) 3283-4533
(Foto: Silvio Ramos/PMSJP)
Na tarde desta sexta-feira (01), 86 famílias do bairro Jardim Carmem participaram de uma reunião com uma equipe multidisciplinar da Prefeitura de São José dos Pinhais para dar continuidade ao projeto de reassentamento.
O evento aconteceu no CRAS Cyro Pellizari II e reuniu quase 150 pessoas que hoje moram em áreas de risco nos bairros Jardim Carmem e jardim Fabíola, que serão reassentadas em novas moradias no Residencial Netuno II que fica no bairro São Marcos. As novas casas já estão em sua fase final de construção e, segundo a secretária municipal de Habitação, Rita Meyer, as famílias começarão a se mudar até o final do mês de setembro, conforme cronograma apresentado.
“O objetivo desse encontro de hoje é intensificar os trabalhos técnico-social e socioambientais já iniciados, como determina a legislação, a fim de garantir uma melhor transição e vivência das famílias que serão realocadas”, declarou Rita que reiterou a satisfação dessa ação e da entrega das casas. Os recursos para o reassentar as famílias para o Residencial Netuno II vieram do Orçamento Geral da União e tem a participação da Caixa Econômica Federal.
Os trabalhos técnico-social e socioambientais consistem na junção de esforços e ações desenvolvidas por diversas Secretarias Municipais como Saúde, Assistência Social, Educação, Segurança e Habitação. As ações são promovidas nos períodos pré e pós ocupação e têm o objetivo de promover a participação social em todo o processo, bem como na nova moradia, visando uma melhora significativa nas condições de vida. As atividades realizadas para alcançar esses objetivos são divididas com uma empresa licitada para melhor assistir as famílias beneficiadas, efetuando ações específicas e direcionadas.
Presente também no evento, o secretário municipal da Assistência Social, Imar Augusto, aproveitou a ocasião para informar que em breve o CRAS Cyro Pellizari II terá sede própria que já está em fase de construção. Compareceram também no evento os vereadores Onildo e Gilberto de Mello, a representante da Caixa Econômica Federal, Priscila Abreu Santos, o diretor da Secretaria Municipal de Segurança, Samarone Bueno, representantes da empreiteira responsável pela construção das novas moradias, e lideranças comunitárias.



Sempre achei extremamente abstrato o famoso poema de Drumondd. E a interpretação costumeira de sua genialidade sintética e simples diante do fenômeno universal e onipresente dos obstáculos, nos mais diversos locais e circunstâncias possíveis, sempre me pareceu muito óbvia e pouco provável.

Até que há coisa de um mês e meio atrás, tive uma dura e concreta experiência. Uma pedra atravessada no canal do ureter, grande o suficiente para não arrastar-se aparelho urinário abaixo, depois de semanas de sofrimento e investigações médicas infrutíferas acabou por me levar a uma  das aventuras que mais temi na vida, a cuja extinção supunha pudesse me levar: uma cirurgia para sua extração, mediante uso de ultra-som, introduzido justamente pela uretra.

O que significa que, além de passar pela sempre temida operação, ainda fui “comido”, isto é sofri a introdução de um corpo estranho dentro de mim, através do meu próprio pau. Coisa no mínimo bizarra e, depois de passada a anestesia e a sedação, tão sofrida quantos os ardores e dificuldades dos primeiros dias do pos-operatório.


Ubirajara Passos

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves (PSDB), vai anunciar na semana que vem sua adesão ao movimento #VempraUrna, uma campanha oficial do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O comando da candidatura do tucano avalia que as altas taxas de intenções de votos nulos e brancos nas pesquisas e as abstenções podem favorecer a reeleição da presidente Dilma Rousseff no primeiro turno. As informações são da Gazeta do Povo.

Em um vídeo que será veiculado nas redes sociais de Aécio, o candidato vai comunicar seu apoio à campanha do TSE. Ao mesmo tempo, o PSDB passará a divulgar gravações produzidas pela equipe de marketing da candidatura tucana que fazem alusão à campanha oficial do tribunal. A peça partidária, porém, inclui sutilmente a ideia de "mudança", jamais contemplada na publicidade oficial da Justiça Eleitoral.

Em um dos vídeos, o jingle diz: "Vem pra urna pra fazer a diferença, que mudança não acontece com indiferença" e "vem, Brasil, que esse país é cheio de beleza, que a gente não merece ter tristeza".

O objetivo é tentar convencer o eleitor que está descrente da política. Conforme a mais recente pesquisa Ibope sobre a corrida presidencial, 25% dos eleitores não têm candidato ou pretendem votar nulo ou em branco. Em julho de 2010, também a pouco mais de três meses das eleições, essa taxa era bem menor, de 19%, de acordo com levantamento do mesmo instituto.

Desconhecimento
Tucanos atribuem o fato ao desinteresse por eleição especialmente dos jovens entre 16 e 24 anos e à chamada taxa de desconhecimento dos presidenciáveis de oposição. Se houver uma redução das taxas de abstenção e de votos nulos e brancos, a campanha do PSDB acredita que Aécio e outros oposicionistas serão os beneficiados, reforçando a possibilidade de segundo turno na disputa presidencial.

No cenário de um 2.º turno entre Dilma e o tucano da mais recente pesquisa do Ibope, Aécio aparece com 33% das intenções de voto. A presidente tem 41%. No cenário do 1.º turno, Dilma tem 38% contra 22% do tucano.

No material produzido pela equipe do presidenciável do PSDB não haverá nenhuma referência a candidatos ou a partidos políticos, dando um caráter suprapartidário.

Aécio não vai aparecer nos materiais de divulgação e sua participação ficará restrita ao vídeo em que vai dizer publicamente que apoia a ação.

Estão sendo produzidos videoclipes em ritmo de rock, samba, forró e xote. Além de jingle, cartoon, descanso de tela, template, panfletos e outros materiais gráficos, que serão distribuídos por militantes tucanos, entre blogueiros, nas redes do partido e para quem mais quiser ajudar a divulgar a ideia.

A abstenção é outro fator determinante para que o candidato concentre o esforço de seus marqueteiros nesta ação eleitoral. Em 1998, o índice foi de 21,5%. No pleito de 2002, foi de 17,7%. Em 2006 o número atingiu 16,7%. E em 2010 a taxa de faltosos voltou a crescer, atingindo 18,1%.

Rede social
Os vídeos não deverão ser veiculados no programa eleitoral gratuito de Aécio no rádio e na TV. A aposta é na divulgação por meio da página do Facebook da campanha. A página do candidato na rede social acaba de atingir 1 milhão de seguidores.

O número foi comemorado pelo marketing do PSDB, mas internamente admite-se que a plataforma ainda está longe de obter protagonismo na campanha, pois o Brasil possui 142,8 milhões de eleitores, segundo o TSE. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Tribunal de Contas da União (TCU) apontou falhas generalizadas na gestão de algumas das principais vitrines eleitorais do governo Dilma Rousseff. Em relatório concluído nesta semana, em que consolida o resultado de 23 auditorias pelo País, o tribunal concluiu que "há falhas que devem ser consideradas sob um prisma sistêmico, afetando diversos segmentos e com reflexos negativos sobre o desempenho e a qualidade da infraestrutura". As informações são da Gazeta do Povo.

No documento, obtido pelo jornal O Estado de S. Paulo, o TCU checou o desempenho da administração pública na condução de iniciativas como o programa Minha Casa Minha Vida, além da atuação de órgãos como a Infraero e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) à frente de projetos de grande porte. Paralelamente, o tribunal investigou como se desenrolaram as concessões realizadas nas áreas de energia, rodovias, ferrovias, portos e aeroportos, entre outros projetos.

Foram analisados 44 processos de concessão. Nestes casos, afirma o TCU, predomina a falta de parâmetros para ajudar na elaboração de estudos técnicos mais confiáveis. Essa lacuna, aponta, fica mais evidente quando se trata de fazer previsões sobre custos das obras. Outra falha comum aos projetos de infraestrutura é a ausência de controle interno nos órgãos públicos responsáveis por acompanhar os empreendimentos, além da falta de padrão para medir a qualidade das execuções e o desempenho das empresas contratadas.

Projetos malfeitos
O TCU destaca, ainda, problemas como serviços de baixa qualidade projetos mal feitos e deficiências de planejamento ao se referir ao programa Minha Casa Minha Vida e a obras portuárias. Outro exemplo de ineficiência são as unidades de pronto atendimento (UPAs 24h), ligadas ao Ministério da Saúde.

Entre janeiro e agosto de 2013, segundo o TCU, o governo havia repassado quase R$ 2 bilhões para construção, reforma e ampliação de 1.027 UPAs, além de bancar um valor mensal para custeio do funcionamento das unidades. Ao fiscalizar a situação das UPAs em 11 localidades, os auditores encontraram problemas básicos como rachaduras e fissuras nas unidades, além de infiltrações e afundamentos de piso.

Energia
No setor elétrico, as avaliações se concentraram no desempenho do Ministério de Minas e Energia (MME), Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), durante as etapas de planejamento e execução de obras para garantir o suprimento de energia nas sedes da Copa.

"Alguns dos problemas como deficiências nos controles, inadequações na gestão de riscos e necessidade de aprimoramento da estrutura organizacional foram identificados em diversos trabalhos", afirma o TCU. Em cada uma das auditorias, o tribunal faz recomendações e determinações para corrigir os problemas. O relatório consolidado foi enviado ao Ministério do Planejamento e à Casa Civil.

Procurados pela reportagem os ministérios informaram que não comentariam o assunto, porque não tinham recebido o acórdão do TCU. Por meio de nota, o Ministério do Planejamento disse que, "em relação às auditorias do TCU de que o ministério tem conhecimento, é significativa a evolução dos resultados" e que "há dois anos não são constatadas irregularidades que recomendem paralisações em obras do PAC".

O sumiço do vice de Gleisi Hoffmann (PT) - o médico Haroldo Ferreira (PDT) - da campanha petista pode ter ligação com a manchete da Tribuna do Paraná desta quinta-feira (31). O jornal relata que o Hospital Municipal de Araucária está quebrado: salários atrasados, falta de medicamentos e de refeições para os pacientes. A administração do hospital estava terceirizada a Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, contratada em 2008 pela prefeitura de Araucária. E sabem quem era o secretário de Saúde da cidade até 2013? Acertou quem disse o médico Haroldo Ferreira, responsável pelo pagamento de R$ 2,8 milhões mensais a Pró-Saúde entre 2009 e 2012.

O médico pedetista pode repetir outro candidato à vice famoso, também do PDT, Derli Donin, que denunciado comprometeu a candidatura de Osmar Dias (PDT) em 2006. Ainda não se sabe se Ferreira foi conivente, 'não sabia' das improbidades da Pró-Saúde ou ainda prevaricou (soube e não denunciou). Ferreira é apresentado por Gleisi como coordenador do Programa Mais Médicos e responsável pelo programa de governo da petista na área de saúde,

Já a Pró-Saúde, ligada ao petismo, é investigada em seis estados por irregularidades na administração de hospitais públicos no Paraná, São Paulo, Tocantins, Pará, Goiás e Espírito Santo. As investigações são conduzidas pelo Ministério Público nos âmbitos federal, estadual e do Trabalho. Entre as acusações estão má gestão, falta de prestação de contas, sumiço de medicamentos, superfaturamento de serviços e descumprir contratos de gestão firmados com governos estaduais e municipais. Depois da crise no hospital municipal, a prefeitura de Araucária rompeu o contrato com a Pró-Saúde e divulgou uma relação de denúncias contra a empresa.

Por meio de nota, a prefeitura de Araucária afirmou a Tribuna do Paraná que sempre realizou os pagamentos rigorosamente em dia e que mensalmente, conforme previa o contrato, pagava R$ 2,8 milhões para que a Pró-Saúde administrasse o hospital, conforme os comprovantes de pagamento disponibilizados pela Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com a prefeitura, desde 24 de julho a gestão do hospital é de responsabilidade do Instituto Bio Saúde, que juntamente com uma comissão de intervenção da Secretaria de Saúde e a direção da Pró-Saúde, está realizando a transição da administração do local. A prefeitura também afirma que os 430 funcionários e 123 médicos contratados pela Pró-Saúde devem ser devidamente indenizados, assim como o pagamento de fornecedores.

quinta-feira, 31 de julho de 2014


A noticia em rede social aterrorizou muitas pessoas.

O proprio Diretor do Hospital São José, Giovani Souza ficou estupefato: "ESTAMOS TODOS TRISTES E EXTREMAMENTE PREOCUPADOS... Estamos atendendo e dando encaminhamento para receber uma futura mãe de 9 anos, isso mesmo, NOVE ANOS...

Hoje uma mãe de 14 anos, que ganhou bebe, teve complicações e foi para a UTI, respondeu ao tratamento e está tudo bem, mas isso têm sido uma frequência toda semana em nossa maternidade..."

Inteligentemente, os candidatos Francisco Buhrer (Estadual pelo PSDB) E Leopoldo Meyer (Federal, pelo PSB) aproveitam a visita do governador e candidato ao governo do estado, para lançamento das suas campanhas eleitorais em São José dos Pinhais na noite de amanhã, sexta-feira. Bora então!

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, disse hoje (30), em entrevista coletiva, que, se for eleito, reduzirá pela metade o número de ministérios em seu governo e extinguirá pelo menos um terço dos cargos comissionados existentes hoje. Segundo ele, isso não significa que todas as áreas atendidas pelos 39 ministérios atuais não sejam importantes, mas sim que precisam ser “desburocratizadas”.

“Existe um grupo trabalhando no redesenho do Estado brasileiro, comandado por aquele que eu considero o mais eficiente gestor público, o ex-governador de Minas Gerais Antonio Anastasia. Estamos conversando para redesenhar o Estado brasileiro”, disse o candidato, sem antecipar quais ministérios serão cortados.

Segundo Aécio, pelo menos um terço dos ministérios pode ser extinto “imediatamente”, de modo a reduzir “o gigantismo do Estado” e melhorar a gestão pública. Além disso, ele disse que, nas áreas em que for possível, vai estabelecer regime de metas aos funcionários públicos para estimular a melhor prestação de serviços públicos. “O meu governo será o da meritocracia e da eficiência.”

O governo federal acumula pendência de R$ 300 milhões que trava o programa nacional de subvenção ao seguro rural, apontou ontem a Faep. Segundo a Faep, o orçamento não foi liberado e o programa parou de funcionar justamente na abertura da safra 2014/15. Ainda nesta semana, o governo federal deve receber nota da entidade e terá de se apressar para que os recursos, que fazem parte do Plano Agrícola e Pecuário cheguem na hora certa à agricultura. Os produtores estão contratando financiamento para custeio da safra de verão de 2014/15, que começa a ser plantada neste mês, e não há mais verbas disponíveis para assegurar esses contratos. As informações são da Gazeta do Povo.

Ofício encaminhado à presidente Dilma Rousseff pelo presidente da Faep, Ágide Meneguette, pede a liberação de R$ 300 milhões por decreto. A Casa Civil, os ministros da Agricultura, Planejamento e Fazenda e deputados federais do Paraná e Frente Parlamentar da Agricultura também receberam o documento.

O risco de falta de recursos na hora do financiamento da safra de verão foi aventado em junho. Agora, produtores estão recorrendo à Faep. O governo federal vinha garantindo que não deixaria financiamentos descobertos. A expectativa era de que fossem liberados R$ 700 milhões em 2014. Segundo a Faep, houve liberação de R$ 260 milhões para culturas de inverno e os R$ 140 milhões para cultura de verão já se esgotaram. Meneguette observa que a presidente "prometeu R$ 700 milhões no lançamento do Plano Agrícola, embora R$ 400 milhões estivessem previstos na Lei Orçamentária Anual". O risco é de as safras de soja, milho e frutas ficarem sem seguro.

O governo federal alega que a área assegurada vem aumentando graças ao programa que paga parte do prêmio (custo) do seguro. Em média, essa subvenção é de 50%. Porém, a estruturação do sistema foi deixada de lado. Dos R$ 557,8 milhões endereçados às subvenções durante 2013, 42,5% (ou R$ 237 milhões) ainda não teriam sido repassados às seguradoras.

Para quem vai à XII Festa do Vinho utilizando o transporte coletivo, a Prefeitura Municipal informa que uma linha especial será destinada ao público, saindo do Terminal Central de São José dos Pinhais de hora em hora.
Na sexta-feira (08), os ônibus sairão do Terminal Central das 19h até 23h. Em sentido contrário eles começam a circular 19h30min e a última linha de volta será às 2h.
No sábado (9), os ônibus sairão do Terminal Central das 17h até 23h. Com ônibus voltando da Festa para o centro a partir das 17h30min e com a última linha de volta às 2h.
E no domingo (10), os ônibus sairão do Terminal Central das 11h até 19h, circulando também, em sentido contrário, a partir das 11h30min, com a última linha de volta saindo da Festa às 22h.
O valor cobrado será o mesmo da tarifa diária, R$ 3,10 para pagamentos em dinheiro e R$ 2,70 no Cartão Vem.
Ingressos
Os ingressos antecipados para a XII Festa do Vinho estão à venda no Shopping São José ao valor de R$ 20,00 e R$ 10,00 – o meio ingresso para estudantes ou com apresentação de bônus (que pode ser impresso no endereço facebook.com/FestadoVinhoSJP a partir da próxima semana). O informativo da festa também será aceito como bônus.
Além dos ingressos, este ano haverá venda antecipada do estacionamento oficial da festa, que fica anexo ao Parque do Vinho e tem capacidade para dois mil veículos, ao valor de R$ 10,00 por período.
(PMSJP)
A Prefeitura Municipal de São José dos Pinhais, através da Secretaria de Cultura (SEMUC), instalou o Memorial da Carioca, que foi desenvolvido pelo artista Roney Wilmar Erthal.
A “Bica da Carioca”, como era conhecida antigamente, era o fundo de um vale onde escravos que eram libertados passavam a residir no local. Próximo dali, havia a casa da Nha Dita, além de outras 11 residências que faziam bailes e preparavam doces para animar os moradores.
A fonte era o único local do centro da cidade que fornecia água, portanto, incluindo as freiras do Colégio São José (atual Shopping São José), usavam a bica para lavar roupas e realizar outras atividades do dia a dia.
A história da Bica da Carioca é tão antiga que, em 1862, consta em um documento expedido pela Câmara Municipal de São José dos Pinhais, a solicitação de reparação da mesma. O local ficou conhecido por este nome pois este tipo de bica era no Rio de Janeiro.
Atualmente o local abriga a Capela Mortuária, o Serviço Funerário Municipal e o Fórum Eleitoral. O Memorial da Carioca está localizado na Rua Voluntários da Pátria – Centro, atrás do Shopping São José.
(PMSJP)
Resistência


Somente uma força monumental tira o vice-prefeito Toninho da Farmácia desta campanha a deputado estadual: Pedido do governador Beto Richa e do presidente estadual da legenda, Ratinho Junior. Assim mesmo, Toninho ve com ressalvas. Não há um só entendido que refute a idéia de que Toninho está com todas as chances de se tornar deputado. O cavalo está passando encilhado. Se montar, chega lá. Caso contrário, melhor esquecer.


Nesta Sexta, Beto Richa em São José


Nesta sexta feira as 20 hs o governador e candidato ao governo do Paraná, Beto Richa (PSDB) deverá visitar o município pela primeira vez como candidato à reeleição. O encontro deverá acontecer no Imperial (Avenida das Torres). O PSDB local pretende levar 400 pessoas ao evento.


Apoio


Cinco dos nossos 21 vereadores ja fecharam com o deputado estadual Nelson Justus (foto) à reeleição para a Assembléia Legislativa. São eles, Edson Celli, José Vieira, Tadeu Camargo, Cabelo e Sylvio Monteiro.


Apoio II

Por enquanto, seis vereadores fecharam com Francisco Buhrer (foto). São eles, Carlos Machado, Mari Temperasso, Luiz Monteiro, Luiz Paulo, Assis Manoel Pereira e Alberto (Tico) Setnareski.


E o PV?


Será que os “verdes” Gilberto Melo e Professor Marcelo ficarão ao lado do candidato a deputado estadual Marcos da Vidofer (foto)?


Sobrou um


Para apoiar Rodrigo Rocha Loures Filho (foto), pelo que parece, sobrou apenas o Dr. Ido, já que Lucia Stoco, Feneme e Leandro da Nifer são candidatos. E os demais?


Aecio em Curitiba neste sábado (2)


Aécio Neves (PSDB) confirmou a primeira visita de campanha ao Paraná. Neste sábado, 2 de agosto, Aécio e Beto Richa (PSDB) farão, pela manhã, uma caminhada pelo Calçadão da Rua XV. A concentração tucana está marcada para as 9h30 na Praça Santos Andrade.


Festa Global



Adeptos de novelas da Globo terão uma grande festa no próximo sábado no Ginásio de Esportes Ney Braga. Atores e demais artistas aqui estarão para a festa de lançamento da novela 'Boogie Oogie'.

Leilão

A Justiça Estadual de Guaratuba em conjunto com o leiloeiro oficial Adriano Melniski realizam leilão nos dias 04 e 18 de agosto de 2014, a partir das 13:00 horas, no Fórum. No evento, como destaque será leiloado sítio com 18 hectares, localizado na Rod. BR-376, em Guaratuba. Além disso, terreno com 360m² e caminhão fazem parte do pregão. Interessados podem obter informações mais detalhadas pelo site www.leiloesjudiciais.com.br ou então pelo 0800-707-9272.

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Foto: (Roberto Dziura Jr. / PMSJP)
A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Colônia Rio Grande, em São José dos Pinhais, passou a contar neste mês com novos equipamentos médicos. Respiradores, monitores multiparamétricos, oxímetros, além de estetoscópios, esfigmomanômetros e um eletrocardiógrafo foram adquiridos pela Prefeitura Municipal, totalizando um investimento de mais de R$ 300 mil.
A compra destes equipamentos, realizada com recursos do próprio município, faz parte do conjunto de ações do programa Avança São José, que está investindo no aprimoramento dos serviços oferecidos pela Prefeitura aos cidadãos.
Os novos equipamentos estão entre os melhores do mercado e são utilizados em grandes hospitais, pronto socorros e UTIs do país inteiro, tanto em adultos quanto em crianças. Na UPA da Colônia Rio Grande, eles já estão em uso, e os respiradores, por exemplo, além de mais modernos que os anteriores, possuem uma tela que informa os procedimentos e o quadro clínico do paciente que está sendo atendido.
Presente no momento da entrega, o prefeito Luiz Carlos Setim afirmou que “a aquisição destes novos equipamentos demonstra a preocupação da administração com a qualidade dos serviços públicos, qualificando ainda mais o atendimento nesta Unidade”.
A UPA da Colônia Rio Grande funciona 24 horas por dia e realiza mais de 6.000 atendimentos por mês, em pessoas que necessitam de procedimentos de urgência e emergência. No local também está localizada a base do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de São José dos Pinhais.
Também participaram da entrega dos novos equipamentos o secretário municipal de Saúde, Brasilio Vicente de Castro, a diretora geral da secretaria municipal de Saúde, Alessandra Aguilera, o diretor de Urgência e Emergência da UPA, Rafael Antonio Gabriel e o diretor do Hospital São José, Giovani de Souza.
Surtou

Ouça a entrevista do jornalista Marcos Formighieri, da Gazeta do Paraná e CGN, a Valdomiro Cantini na CBN de Cascavel e que hoje provoca a ira e os surtos do senador Roberto Requião (PMDB) quando o assunto volta à baila. Link: www.youtube.com/embed/e-65PNscDP8


Oito desistem

Até ontem, oito candidatos desistiram de concorrer às eleições deste ano no Paraná. Os desistentes da vaga a deputado federal são Edilson Fogaça de Almeida (PMDB) e Jaziel Baioni (PSD). Dos candidatos a deputado estadual, seis renunciaram. Eles são: Aramis Linhares Serpa (PV), Felipe Lucas (PPS), Flavio de Jesus Ceruti (PT), José Augusto Felippe (PSD), Ketleen Andreia Zani (PV) e Neudi Mosconi (SDD). Os dados são do TRE-PR. Para as eleições de 2014, foram registrados oito candidatos ao cargo de governador, oito ao de senador, 332 a deputado federal e 837 a deputado estadual.


Engraxates

O senador Roberto Requião (PMDB), em entrevista à imprensa de Marechal Cândido Rondon, disse que o batalhão de fronteira, instalado na cidade, só serve para os soldados ficar engraxando as botas do coronel. Ouça o áudio. Link: www.youtube.com/embed/AlOY4AgCQIM


Atropelado



Conta o repórter Fernando Tupan que o vereador Professor Galdino (PSDB) (foto) foi atropelado nas esquinas das Avenidas Marechal Floriano e Marechal Deodoro. O tucano divulgava a candidatura quando um Pampa saiu da Deodoro para entrar na contra mão na Floriano. Galdino estava na faixa de pedestres e foi atingido de lado. O motorista fugiu sem prestar socorro. Dez minutos depois retornou ao local do acidente. Uma ambulância levou o parlamentar ao Hospital Evangélico onde foi constatado luxação no tornozelo. Nos próximos sete dias o vereador, que pretende ganhar uma cadeira de deputado estadual, precisará de repouso e não poderá ir as ruas.


Sem gardenal


Conta no Blog do Zé Beto que Roberto Requião anda dizendo nas rádios que o pessoal tem que convidar o Beto Richa com o mesmo espaço de tempo etc. E frisando: “Mas entrevistem ele à tarde, porque de manhã ele dorme”. O troco: “Entrevistem o Requião bem cedo porque depois que o Gardenal começa a perder o efeito, ele não fala coisa com coisa”.


Vargas continua



O site da Câmara dos Deputados, aliás, afirma que para todas as finalidades André Vargas continua figurando como parte da bancada do PT. Segundo o texto, no dia 25 de abril, o deputado André Vargas anunciou que estava se desfiliando da legenda à qual esteve filiado por 24 anos. “No entanto, até hoje, nem ele nem o partido comunicaram oficialmente à Câmara a desfiliação”, diz o texto. As informações são da Gazeta do Povo.


Dissidentes


A Justiça Eleitoral se declarou “incompetente” para julgar um protesto apresentado pelo senador Roberto Requião (PMDB) visando à notificação da executiva estadual do seu partido por descumprimento de normas estatutárias. A reclamação de Requião se refere à decisão da executiva em liberar os candidatos a deputado para participar de eventos e “dividir palanque” com candidatos ao governo de partidos e coligações concorrentes do PMDB.
Requião queria que o TRE “enquadrasse” a executiva estadual na lei de infidelidade partidária pela deliberação. No entanto, a relatora do processo, Vera Lúcia Feil Ponciano, disse que a medida pretendida pelo senador é de responsabilidade da Justiça Estadual.



Boca Aberta e Pó Royal


Tirem as crianças da sala, tapem os olhos e os ouvidos, que vai começar mais uma temporada de caça aos votos nas eleições da turma alcunhada de tarja preta pelo jornalista José Simão. O horário eleitoral começa no próximo dia 19 de agosto - no rádio, das 7h às 7h30 e das 12h às 12h30; e na TV, das 13h às 13h30 e das 20h30 às 21h -, mas santinhos, posts nas redes sociais, perfurades, banners, faixas, cartazes, jornais e outras peças permitidas já começam a circular nas campanhas. E o parananense pode eleger, por exemplo, desde o Boca Aberta (PSC), passando pelo Clark Crente (PSC), Ciclista Sem Mão (PRB), Branco do Perfume e do Enxoval (PSC), Mestre Drácula (PEN) e Pó Royal (PSL). Entre os 1014 candidatos - 24 ao Senado, entre titulares e suplentes; 263 à Câmara de Deputados e 727 a Assembleia Legislativa -, alguns abusaram do apelido e o registraram para receber o voto na urna eletrônica.
A começar pelo suplente ao Senado pelo PRTB que tascou "Batista, Este é Bom Demais" na sua inscrição. Entre os 263 candidatos à deputado federal, o eleitor pode encontro o Matozo da Ambulância (PSDC), Sindrin do Trânsito (PHS),
Claudinei Homem do Chapéu (PSC), Batatinha (PSB), Edson Baianinho (PHS), Loro do PV, Cascão (PHS), Cazuza (Pros), Pelé (PTB), Macaco Tião Maria (PHS), Psicóloga Cristã Marisa Lobo (PSC), Sheriff (PSB), Tigrão (PV), Obama de Colombo (PV), Pri Bailarina (PDT), Regina Maria Dog (PV), Baratinha (PEN), Vera Coração (PV), Scarpari da Saúde (PMDB), Vera Dona de Casa (PMDB), Gaúcho Trovador (PTN) e Mister Oproh (PEN).
Na lista dos 727 candidatos à deputado estadual, os apelidos são muitos: Bacurau (PV), Fenemê (SDD), Bispo (PV), Maluf (PPS), Tikinho (PTN), Amendoim (PSC), Nego D'água (PV), Roberto Marinho (PSDC), Carlos Chocolate (PEN), Bigode (PEN), Pardal do Ovo (PMN), Boca de Lata (PEN), Ciclista Sem Mão (PRB), Boca Aberta (PSC), Clark Crente (PSC), Jamanta (PPS), Amaral GhostBuster (PPS), Zé Ramalho do Paraná (PHS), Neguinho do Gás (PSDC), Neguinho do Sonho (PHS), Jece, O Bombeiro do Povo (SDD), Negrão Sorriso (PP), Chik Jeitoso (PTN), Helena do Jornal Boca Aberta (PV), Mestre Drácula (PEN), Tigrão (PSDC), Pó Royal (PSL), Falcão (PSL), Amado Batista (PV), Sabão (PPL), Branco do Perfume e do Enxoval (PSC) e Gaúcho Tamarrado (PDT).
Dos candidatos à deputado estadual, 38 colocaram professor ou professora no nome; 15 colocaram sua denominação religiosa (pastor, bispo, padre, irmã); 18 registraram "doutor" ou "doutora" no nome; 14 são policiais (delegado, policial civil ou militar, ou bombeiro) e 44 nominaram a profissão ou bairro em que moram. Para deputado federal, essa lista é um pouco menor: tem-se 16 professores, três religiosos, seis doutores, seis policiais e 14 que apontaram outra profissão ou bairro onde moram.



Descolamento


Conta o colunista Claudio Humberto que o governo "plantou" nos jornais, correção importante no seu discurso sobre o Oriente Médio: destacou que a presidenta Dilma qualifica de "massacre" e não "genocídio" o que ocorre em Gaza, em razão da ofensiva israelense. Dilma isola e se descola do aspone lulista Marco Aurélio "Top-Top" Garcia” (foto) que usou a expressão "genocídio", provocando reação de Israel e fazendo do Brasil motivo de chacota. Anão é o “Top-Top” - O governo de Israel chutou o pau da barraca e chamou de "anã" a diplomacia brasileira por saber que "Top-Top" Garcia a lidera de fato. Estreito, atrasado, trapalhão, Marco Aurélio Garcia jamais foi diplomata, mas define a política externa desde o governo Lula. Subservientes, os diplomatas assistem Marco Aurélio Garcia esfacelar o prestígio construído pela Itamaraty ao longo de mais de cem anos.

Enfartado



O doleiro Alberto Youssef (foto) sofreu um infarto esta semana na carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba, foi submetido a um cateterismo e se encontrava na UTI do hospital. A PF chamou o Samu para atendê-lo logo que Youssef demonstrou não se sentir bem pela manhã. O atendimento registrou algumas anomalias na monitoração cardíaca e os funcionários do Samu decidiram levar o doleiro ao hospital, com uma escolta policial. Por motivos de segurança, a PF não divulgou o nome do hospital em que o doleiro está internado. De acordo com a polícia, um grupo especial faz a segurança de Youssef. O número de agentes que fazem a proteção também não foi informado. O advogado diz que vai pedir à Justiça federal que Youssef continue internado e depois cumpra a prisão em casa, como prevê a legislação. Na custódia da PF, o doleiro não tinha acesso a uma dieta diferenciada porque, segundo o advogado, "isso poderia caracterizar privilégio".
Durante as investigações da Operação Lava Jato, no segundo semestre do ano passado, Youssef sofreu dois infartos e passou cerca de um mês internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.


Ora vejam

Para azar do PTM a Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo impugnou o registro de candidatura do deputado federal Paulo Maluf (PP) (foto) à reeleição. O motivo é a condenação de Maluf no Tribunal de Justiça de São Paulo pelo superfaturamento em obras do Túnel Ayrton Senna durante sua gestão como prefeito da capital paulista. A decisão foi dada em novembro de 2013. Pela Lei da Ficha Limpa, aprovada em 2010, fica inelegível por oito anos quem é condenado à suspensão dos direitos políticos por ato doloso (intencional) de improbidade administrativa que represente lesão ao patrimônio público e enriquecimento ilícito em decisão proferida por órgão colegiado. Para a Procuradoria, o caso de Maluf preenche todos esses requisitos.
Maluf tem o prazo de sete dias, contados a partir deste sábado (26), para contestar a ação da procuradoria. Procurada, a assessoria de Maluf ainda não respondeu qual será a defesa do candidato. Caberá ao TRE-SP julgar até 5 de agosto se o deputado poderá seguir candidato. Se a corte estadual decidir pela procedência da ação, o deputado poderá recorrer ainda ao TSE e ao STF. Até o momento, dos 2.465 registros de candidatura analisados, a PRE questionou 1.441, ou 58%. Os motivos vão desde a falta de documentos obrigatórios para o registro a motivos elencados pela Lei da Ficha Limpa. No total, cerca de 3.500 registros foram enviados ao TRE.
Em 2010, Maluf foi considerado ficha-suja pelo TRE-SP e teve a candidatura barrada. Posteriormente, porém, o STF julgou que a norma não valeria para 2010 e todos os candidatos barrados puderam tomar posse. Somente nas eleições de 2012 a lei foi aplicada.


Condenação
           
  
A Justiça Federal no Paraná condenou por peculato e corrupção dirigentes de Oscips e o ex-coordenador nacional do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), do Ministério da Justiça, Francisco Narbal Alves Rodrigues (foto). Segundo a sentença da Justiça Federal foi comprovado crime de corrupção envolvendo Rodrigues, militante do PT no Rio Grande do Sul que ocupava na época dos fatos o cargo de coordenador nacional de Projetos do Pronasci no Ministério da Justiça. Ele pegou 5 anos e 11 meses de reclusão em regime inicial semiaberto. As informações são da Agência Estado. Segundo a sentença, a pedido de Rodrigues "as Oscips empregaram seus parentes e realizaram depósitos sem causa lícita na conta corrente do agente público". As penas aplicadas para os outros acusados variaram entre mínimo de três anos e seis meses de prestação de serviços comunitários e máximo de 22 e 7 meses de reclusão.
Segundo o processo, foi comprovada a prática de desvio e de apropriação de recursos públicos no montante de R$ 9,5 milhões e de lavagem desse valor entre 2004 e 2011. A investigação mostra que também houve crimes de fraude de documentos, fraudes em licitações e associação criminosa.


Desvio

A notícia é do ano passado, mas bomba agora nas redes sociais. Depois de financiar US$ 1 bilhão para Cuba construir um porto em Muriel, o governo brasileiro emprestou também US$ 176 para Raul Castro reformar e modernizar cinco aeroportos cubanos. "Esses recursos vão financiar a ampliação e modernização dos aeroportos de Havana, Santa Clara (centro), Holguín (oriente), Cayo Coco (na costa norte) e Cayo Largo (costa sul)", disseram fontes cubanas.